Tocantins Chuvas

Número de pessoas obrigadas a sair de casa pelas enchentes continua crescendo no Tocantins

Nesta quarta-feira (12) são contabilizados 543 desabrigados e 1.343 desalojados.

Por GG Notícias

12/01/2022 às 13:51:17 - Atualizado há

O número de pessoas obrigadas a sair de casa por causa das enchentes continua crescendo no Tocantins. No boletim divulgado pela Defesa Civil estadual desta quarta-feira (12) foram contabilizadas 1.886 pessoas nesta condição, sendo 543 desabrigados e 1.343 desalojados. A cidade mais afetada atualmente é São Miguel do Tocantins, na divisa com o Maranhão.

Nesta segunda-feira (11) eram 1.780 pessoas fora de suas casas. São considerados desabrigados aqueles que são levados para abrigos públicos. Os desalojados são aqueles que também foram obrigados a deixar suas propriedades, mas estão na casa de parentes, amigos ou vizinhos.

As chuvas acima da média vêm sendo registradas no estado desde o fim de dezembro. O grande volume provocou enchentes no rio Tocantins - que chegou a ficar 12 metros acima do nível normal - e diversos afluentes, causando alagamentos, deixando comunidades ilhadas e propriedades submersas.

Todas as regiões do estado estão sendo monitoradas e 32 municípios acompanhados de perto pela Defesa Civil Estadual e pelo Corpo de Bombeiros.

Existem moradores desabrigados em Araguanã, Formoso do Araguaia, Itaguatins, São Miguel, Rio dos Bois e Pedro Afonso.

Os desalojados estão em Araguanã, Axixá do Tocantins, Dois Irmãos, Esperantina, Lajeado, Paranã, Rio dos Bois, Pedro Afonso, Tupirama, Tupiratins, Palmeirante, Bom Jesus, São Sebastião, São Miguel, São Sebastião, Sampaio e Itaguatins.

Nesta segunda-feira (10) os Bombeiros emitiram um alerta para cidades abaixo da Usina Hidrelétrica de Lajeado. A previsão é de que o volume de água deve atingir um aumento acima do pico registrado. Há risco de alagamento e a recomendação é de que as famílias saiam das áreas de risco.

A situação também tem se agravado na região sul do estado. Nos últimos dias uma ponte foi levada pela correnteza e estradas ficaram submersas, afetando assentamentos em Formoso do Araguaia.

Nesta quarta-feira (12) o estado segue sob alertas de chuvas intensas, emitidos pelo Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet).

*com informações do G1

Comunicar erro
GG Notícias

© 2022 GG Notícias - Todos os direitos reservados.

•   Política de Cookies •   Política de Privacidade    •   Contato   •

GG Notícias