PCDF prende estudante de 20 anos que planejava massacres em Brasília

Em depoimento à polícia, o suspeito confessou que planejava cometer massacres em escolas e eventos no Distrito Federal

Por Redação em 29/03/2022 às 14:07:00

Foto: Polícia Civil

Um jovem de 20 anos foi preso nesta terça-feira (29/3), ala sul, por policiais civis da Delegacia Especial de Repressão aos Crimes Cibernéticos (DRCC). Em depoimento à polícia, o suspeito confessou que planejava cometer massacres em escolas e eventos da capital. Detalhou atos de grave violência e confessou participar de grupos com ideais nazifascistas e antidemocráticos.

A ação faz parte da segunda fase da Operação Shield II, que tem como objetivo reprimir ações graves de violência. A operação contou com apoio do Instituto de Criminalística (IC) da Polícia Civil do DF (PCDF).

Na casa do suspeito, a equipe encontrou materiais relacionados à pornografia infantil – fotografias e vídeos com cenas de sexo explícito envolvendo criança e adolescente – armazenados no celular do estudante. Também apreendeu taco de beisebol, arma de fogo, faca, quatro telefones e uma máscara do personagem Jason, da série Sexta-Feira 13.

A Adidância da Polícia de Imigração e Alfândega dos Estados Unidos da América (U.S. Immigration and Customs Enforcement) e a Agência de Investigações de Segurança Interna (Homeland Security Investigations ou HSI), em Brasília, levantou informações sobre indivíduos com a possível intenção de cometer atos graves de violência, incluindo massacres escolares.

Via: Metrópoles

Comunicar erro
UnirG

Comentários

Anuncie