Chuvinha no início do período de estiagem traz alívio para moradores de Palmas

Chuva foi registrada em várias regiões da capital. Na região norte do Tocantins, a previsão é de temporais de até 50 mm/dia.

Por GG Noticias em 02/06/2022 às 15:00:00

Morador registra chuva na 503 Norte, em Palmas - Foto: Divulgação/Gabriel Deeaz

Uma chuvinha no final da manhã desta quinta-feira (2) trouxe alívio para os moradores de Palmas. Há alguns dias, a capital - considerada uma das mais quentes do Brasil - tem registrado temperatura superior a 36 graus.

Vídeos feitos por internautas mostraram uma chuva de menor intensidade e de baixo volume em algumas regiões da cidade. Já em outras, como na quadra 503 Norte, ela foi mais forte. Por toda a cidade, deu para sentir aquele cheirinho de terra molhada. Ruas e avenidas ficaram molhadas.

O Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) já previa a ocorrência do fenômeno em todo o Tocantins nesta quinta-feira, inclusive com alerta de tempestade para os municípios da região norte, como por exemplo, em Angico, Riachinho, Augustinópolis, Buriti do Tocantins e Esperantina.

Morador registra chuva na 503 Norte, em Palmas — Foto: Divulgação/Gabriel Deeaz

Morador registra chuva na 503 Norte, em Palmas — Foto: Divulgação/Gabriel Deeaz

O alerta é amarelo e significa perigo potencial, com tempestades que podem chegar a 50 mm/dia, ventos intensos, de 40 a 60 km/h, além de baixo risco de corte de energia elétrica, queda de galhos de árvores, alagamentos e de descargas elétricas.

No final do vídeo acima, é possível ver um motorista trafegando pela BR-010, na região sul do estado. Por lá, também houve ocorrência de chuva.

De acordo com o meteorologista da Universidade Estadual do Tocantins (Unitins), José Luiz Cabral, o fenômeno é pouco comum nesta época do ano, mas ao mesmo tempo, pode ser considerado normal considerando a memória climatológica.

Professor registra chuva em Palmas — Foto: Divulgação/Fausto Guilhardi

Professor registra chuva em Palmas — Foto: Divulgação/Fausto Guilhardi

"Nesse momento temos duas situações bem contrastantes no Estado. Mais ao sul do Tocantins, tempo quente e seco, com possibilidade de baixos índices de umidade. Já na região do extremo norte, possibilidade de pancadas de chuvas forte. Já na região central áreas de instabilidade provocadas pela entrada de umidade, mais o calor registrado nos últimos dias", explicou.

Apesar da chuva prevista para a região sul do estado, o tempo seco fez o Inmet a emitir alerta amarelo de baixa umidade para alguns municípios. Em Peixe, Alvorada, Figueirópolis, Alvorada, Almas e outas cidades, a umidade relativa do ar está variando entre 30% e 20%. Segundo o instituto, existe baixo risco à saúde e de incêndios florestais.

Fonte: G1 TO

Comunicar erro

Comentários

Anuncie