Geral Tecnologia

Facebook testa avisar usuários quando posts forem removidos por robôs

Recomendação foi feita pela comitê de supervisão independente da rede social após post com mamilos, que buscava conscientização do câncer de mama, ser retirado do ar. Facebook anuncia mudanças por recomendações de comitê independente

Por REUTERS/Stephen Lam

17/07/2021 às 13:46:21 - Atualizado há

O Facebook anunciou nesta quinta-feira (15) que vai avisar usuários sobre o uso de robôs na moderação de post. Seguindo uma orientação de seu comitê de supervisão independente, a rede social vai testar um novo alerta deste tipo. A novidade foi divulgada junto com o primeiro balanço trimestral do comitê, que começou a funcionar em outubro do ano passado, referente aos três primeiros meses de 2021.

A decisão de avisar sobre o uso de robôs a moderação de posts veio depois de uma das primeiras análises do comitê, quando o post de uma brasileira mostrando mamilos foi removido do Instagram. No entanto, a usuária disse que objetivo era aumentar a conscientização sobre os sintomas do câncer de mama, e o post acabou voltando ao ar.

De novembro de 2020 até 31 de março de 2021, o Facebook enviou 26 casos foram enviados ao comitê de supervisão, e 3 deles foram selecionados. No primeiro trimestre de 2021, o conselho emitiu 18 recomendações em seis casos. O Facebook implementou 14 recomendações total ou parcialmente, e ainda está avaliando a possibilidade de implementar três.

Em uma de suas iniciativas mais importantes, em maio, o conselho pediu ao Facebook uma decisão definitiva sobre a suspensão das contas do ex-presidente dos EUA, Donald Trump. Em junho, a rede social anunciou que o republicano continuaria banido até janeiro de 2023, no Facebook e no Instagram.

Como funciona o comitê?

O comitê independente é formado por 20 membros, entre eles pessoas de todos os continentes, incluindo ex-juízes, advogados, jornalistas, ativistas de direitos humanos. O conselho é um órgão independente, que recebeu um investimento de US$ 130 milhões da rede social para funcionar como uma espécie de alta corte. Ele conta com um estatuto próprio, que prevê suas obrigações e sua relação com o Facebook.

Comunicar erro
GG Notícias

© 2021 GG Notícias - Todos os direitos reservados.

•   Política de Cookies •   Política de Privacidade    •   Contato   •

GG Notícias