Com incentivo do Estado, cidades do centro-oeste do Tocantins finalizam temporada de praia com saldo acima das expectativas

Cidades de Araguacema, Caseara, Tupiratins, Marianópolis e Rio dos Bois receberam quase R$ 850 mil para investimento em estrutura e shows e celebram saldo positivo após dois anos sem o período de Temporada de Praia

Foto: Luciano Ribeiro/Estado do Tocantins

Foto: Luciano Ribeiro/Estado do Tocantins

As praias da região centro-oeste do Tocantins, que encerraram as programações neste final de semana, receberam, juntas, quase R$ 850 mil em recursos estaduais para a Temporada de Praia 2022. Estão na lista de beneficiadas as cidades de Araguacema, Caseara, Tupiratins, Marianópolis e Rio dos Bois. Para os araguacemenses, em especial, que acolherem mais de 80 mil turistas, o período que se estendeu de junho a julho foi de recomeço, comercialização e comemoração.

Quem fala mais sobre isso é o próprio prefeito do município, Marcos Vinicius Moraes Martins. Ele afirma que realizar uma temporada de praia, depois de dois anos de pandemia, com as dificuldades que a comunidade passou, gerou o fortalecimento da economia, oportunidades e renda para as pessoas e considera que o objetivo de movimentar a economia foi alcançado. "Tudo isso graças ao apoio que tivemos do Estado do Tocantins", afirmou o gestor.

Assim como Araguacema, que recebeu R$ 200 mil em suporte estadual, os recursos destinados aos municípios são parte dos R$ 6,2 milhões enviados pelo Estado do Tocantins, por meio da Secretaria de Estado da Cultura e Turismo (Sectur), para investimentos com infraestrutura e segurança nos municípios com programação específica nas praias, que ficam às margens dos rios estaduais.

Araguacema

Conforme a secretária de Meio Ambiente e Turismo de Araguacema, Leonette Cruz Mesquita Martins, os recursos recebidos pelo município foram investidos na estrutura de palco e nas tendas dos comerciantes para os cinco fins de semana de Temporada. "Montamos as tendas, os banheiros químicos, a questão do palco, a encanação para levar água potável e a estrutura para iluminação pública. Tudo isso com recurso do Estado. Não tínhamos nada", ressaltou.

Um dos comerciantes presentes na Praia da Gaivota, Luiz Vieira Costa, morador da cidade, contou que pela primeira vez levou seu estabelecimento para a praia e que o resultado ficou acima das expectativas. "Teve final de semana que não estávamos dando conta de atender a quantidade de clientes. Muita gente. Não só aqui no meu estabelecimento, mas na praia inteira. O público está gostando, pela organização e pela administração", enfatizou Luiz Vieira. Ele garante que retornará para a temporada do ano que vem com seu comércio, que comercializa alimentação e bebidas.

A praia também recebeu comerciantes de outras regiões do Estado e do país. É o caso do comerciante do município de Colmeia, Cleiber de Oliveira de Aguiar, que além de trabalhar no local, ficou hospedado na praia. "Todos os anos em que trabalhei aqui foram bons, mas este foi excelente. Uma experiência nova e com resultados significativos, após dois anos de pandemia", afirmou.

Para os turistas não foi diferente. O aposentado Kleber Bucar Barreira revelou que frequenta a Praia da Gaivota há mais de 20 anos e que estava ansioso por esse retorno. "Passou dois anos sem temporada e eu com aquela dor de cotovelo porque não estava podendo vir", informou animado. Kleber continuou afirmando que estava impressionado com o volume de estrutura e de pessoas neste período de veraneio. "O patrocínio do Estado do Tocantins repercutiu de forma positiva", ressaltou.

A cidade de Araguacema não viu mudanças significativas somente na estrutura da Praia da Gaivota. A cidade obteve também recursos do Programa de Fortalecimento e Geração de Emprego e Renda, do Estado do Tocantins, na ordem de R$ 2 milhões para obras de infraestrutura no perímetro urbano. O prefeito de Araguacema Marcos Vinicius Moraes Martins explicou que o dinheiro está sendo investido na construção de uma praça no Distrito de Senhor do Bonfim, outra praça no assentamento Tarumã e uma quadra coberta no assentamento Santa Clara.

"A iniciativa do Estado do Tocantins, com o Programa de Fortalecimento, é importantíssimo, sobretudo para nós aqui, que estamos levando obras para comunidades que nunca tiveram investimentos de recursos públicos. Estamos falando de agrovilas de assentamentos com 240 famílias, sem projetos com 20 anos de existência. Agora, por meio do Estado, estamos levando essa urbanização para lá", certificou o prefeito.

Caseara

Com águas rasas e presença de muitas famílias com crianças, a praia do Sol, no Rio do Coco, em Caseara, recebeu R$ 200 mil para a temporada do Estado do Tocantins. "Esse recurso, que o Estado disponibilizou para o município, é de muita importância, principalmente os municípios de pequeno porte, como o nosso, que tem grandes dificuldades em questão financeira. Montar uma estrutura de praia, de veraneio, gasta muito. A ajuda impede que a gestão fique endividada, esse olhar para nós foi fundamental. Ajuda a aquecer a economia local e a gerar emprego", explicou a prefeita Ildisleine Bernardo da Silva Santa, que ainda lembrou que, devido à pandemia, muitos ficaram em situação de vulnerabilidade e empresas à beira da falência. "O veraneio dura só 30 dias, não é o suficiente para uma pessoa se reerguer, mas pode ser um início", afirmou.

Segundo o secretário de Meio Ambiente e Turismo do município, Paulo Roberto Ferreira da Mata, o recurso estadual foi utilizado para a realização de parte dos oito shows da programação do município. "Toda a cidade recebeu, com muita alegria, esse retorno da temporada, após dois anos de pandemia da covid-19, porque esse é um mês no qual o comércio e vários outros segmentos têm uma renda maior. Foi positivo para fomentar nossa região. Estamos com uma média de 3 mil pessoas por final de semana e o retorno dos investimentos está vindo muito bom", destacou o secretário.

Pela primeira vez comercializando na praia, a comerciante Adriana de Brito Lima gostou da oportunidade e disse que pretende voltar com a estrutura alimentícia em outras temporadas. "Muito bom, muito movimento, depois de dois anos mesmo de pandemia, deu um retorno até bom para a gente. Não posso reclamar, vai dar um lucro bacana. Final de semana mesmo é bem corrido. Não para um segundo. E ano que vem eu estarei aqui de novo", relatou.

Quem também se beneficiou com recursos estaduais aplicados no município foi a costureira Almerinda Ferreira, moradora do setor Planalto, que recebe a pavimentação de ruas com investimentos do Programa de Fortalecimento e Geração de Emprego e Renda, do Estado do Tocantins. O município recebeu R$ 2 milhões que estão sendo utilizados no asfaltamento do setor e na construção de uma ciclovia na entrada da cidade.

A costureira comentou que a chegada da pavimentação era esperada há muito tempo. "Moro aqui há tanto tempo que já perdi a conta. Esperava muito esse asfaltamento. Está sendo ótimo porque, primeiro, diminuiu a poeira, que vem de todos os lados. Está sendo bom demais essa obra", expressou.

De acordo com a prefeita Ildisleine, os recursos do programa estadual auxiliaram o município a atender demandas esperadas pela população há décadas. "Por meio desse programa do Estado do Tocantins, conseguimos atender demandas antigas do município, que eram a pavimentação do setor Planalto e outra parte na construção de uma ciclovia, para a população que gosta de atividades físicas e também para os turistas", enfatizou a prefeita.

Ainda sobre esse recurso, o secretário de Infraestrutura e Obras de Caseara, José Carlos Fonseca, explicou que a obra de pavimentação deve encerrar até o final do próximo mês, já a da ciclovia deve levar um pouco mais de tempo. "Na ciclovia, além da parte de compactação também terá toda a iluminação, com fonte de energia solar", afirma o secretário.

Rio dos Bois

Em Rios dos Bois, já com estrutura montada à beira do Rio Tocantins, na Praia Deserta, foram encaminhados pelo Estado do Tocantins R$ 150 mil para a instalação de tendas para turistas e comerciantes, banheiros químicos, palco para shows e, ainda, espaços para atendimento em saúde, Bombeiros e Polícia Militar. O prefeito da cidade, Moacyr Oliveira, comentou que a verba recebida também acabou sendo utilizada para bancar as atrações musicais da temporada.

"O Estado do Tocantins é sempre parceiro do município. Veio nos ajudar, porque sem esse incentivo, não conseguiríamos fazer esse grande evento. Estamos recebendo mais de 8 mil pessoas por final de semana. E com este último, estamos na expectativa de superar essa quantidade de turistas", afirmou Moacyr. Já sobre os R$ 2 milhões do Programa de Fortalecimento, o prefeito conferiu que o montante está sendo gasto com a construção de uma ponte de 40 metros que liga dois assentamentos e uma avenida no setor comercial da cidade. "Os produtores rurais agradecem muito, pois isso vai ajudar no escoamento da produção e na venda dos seus produtos", finalizou.

Na região centro-oeste do Tocantins, as cidades de Marianópolis e Tupiratins também receberam investimentos do Estado. Foram destinados R$ 198 mil e R$ 100 mil, respectivamente, para a Temporada de Praia, além dos R$ 2 milhões do Programa de Fortalecimento e Geração de Emprego e Renda.