Mulher é pedida em casamento no letreiro do cinema em Brasília

Mulher é pedida em casamento no letreiro do cinema em Brasília

O amor é lindo e podemos provar! J√° viu um pedido de casamento no letreiro de um cinema? Um homem apaixonado de Bras√≠lia fez isso e surpreendeu a namorada! Cena digna de filme para pedir a mão da amada!

"Glênis, quer casar comigo?", dizia o letreiro preparado pelo arquivista de cinema, William Plotnick, para a namorada, a curadora Glênis Cardoso.

Quando a jovem chegou ao local, no Cine Bras√≠lia, viu a surpresa: "Eu j√° esperava o pedido, mas não sabia onde, nem como ia ser. Fiquei muito surpresa na hora, ele escolheu um lugar muito especial".

Apaixonada por cinema, a curadora contou que cresceu frequentando o cinema, na entrequadra 106/107 Sul. E disse que tem muito carinho pelo espaço porque l√° é a casa do Festival de Bras√≠lia do Cinema Brasileiro.

O pedido

Arquivista de cinema e fundador da Cinelimite, William escolheu uma das paixões que os dois dividem para fazer o pedido especial e surpreender a amada.

Para montar o cen√°rio, que atende a diversos clich√™s cinematogr√°ficos, ele contou com ajuda da ger√™ncia do cinema e também de alguns amigos.

E ser√° que ela aceitou o pedido de casamento?: "Na hora nem consegui falar direito. Até esqueci de dizer que aceitava, porque me parecia tão óbvio [o sim]".

Cinema foi onde tudo começou

Os dois trocam mensagens desde março, mas começaram a namorar apenas em julho, quando se viram pela primeira vez em um festival de cinema em Recife (PE).

E foi tudo tão intenso que, em apenas tr√™s meses os dois ficaram noivos.

Mas até o pedido de casamento sair, William Plotnick não sossegou:

"Ele estava bem nervoso, senti ele tremendo", riu Glênis.

Que lindo, felicidades ao casal!