Especial Eleições 2022 Prevenção

Forças de Segurança do Tocantins reforçam efetivo e ampliam atuação no segundo turno e até o pós-eleições

Todo os trabalhos serão acompanhados em tempo real no Gabinete de Monitoramento em Palmas

Por GG Notícias

29/10/2022 às 13:00:00 - Atualizado h√°

O eleitor tocantinense vai às urnas neste domingo, 30, escolher quem governar√° o pa√≠s nos próximos quatro anos. E para garantir esse exerc√≠cio da cidadania, as forças de segurança do Tocantins de forma conjunta com as forças federais, o Ministério da Justiça e Segurança P√ļblica e o Tribunal Regional Eleitoral (TRE-TO), realiza a Operação Eleições 2022, mobilizando seus efetivos em todos os 139 munic√≠pios do Tocantins. Nesta sexta-feira, 28, em coletiva à imprensa, os representantes das forças de segurança detalharam a atuação.


Ao todo, aproximadamente 4,5 mil agentes de segurança p√ļblica vão atuar em parceria com Justiça Eleitoral durante as Eleições Gerais de 2022. A Pol√≠cia Civil atender√° todas as zonas eleitorais, com mais de 200 policiais civis atuando nas Centrais de Atendimento e nas Delegacias Circunscricionais; além de oito equipes volantes que irão atuar 24 horas na repressão e apuração de crimes eleitorais.


"A Polícia Civil vai atuar em todas as zonas eleitorais com equipes físicas e volantes para poder dar a capilaridade necessária aos 139 municípios", destacou o delegado-geral Claudemir Luiz Ferreira.


O secret√°rio executivo da Segurança P√ļblica Reginaldo Menezes destacou o empenho e integração das forças. "As forças de segurança estão atentas nesse momento e reforçam tanto o efetivo quanto o planejamento, empenhadas na missão de coordenar e dar segurança no 2¬į turno", complementou.


Prevenção

A Pol√≠cia Federal reforçou o efetivo para atuar também no policiamento ostensivo. "Cerca de 90% dos nossos policiais estarão atuando em 12 bases no Tocantins neste segundo turno, focados na prevenção. Não vamos esquecer da parte de Pol√≠cia Judici√°ria mas vamos trabalhar mais na parte ostensiva. O cidadão vai poder participar dessa festa democr√°tica com segurança" reforçou.



Pós-eleições

A Pol√≠cia Militar do Tocantins, repetindo o mesmo planejamento do 1¬į turno, empregar√° todo seu efetivo nos 139 munic√≠pios, reabrindo destacamentos e reforçando o policiamento ostensivo através do emprego dos alunos do Curso de Formação de Praças. Ao todo serão cerca de 3.200 policiais militares atuando no segundo turno.


O Chefe do Estado Maior da PMTO, Coronel Cl√°udio Thom√°z Co√™lho de Souza, destacou que 2¬į turno também teve um direcionamento do planejamento pensando no pós-eleição. "Tivemos um trabalho de excel√™ncia no 1¬į turno e vamos repetir nesse 2¬į turno, com o diferencial do reforço das forças especializadas no pós-eleições, como medida preventiva de segurança'', destacou o Coronel Cl√°udio.


A Pol√≠cia Rodovi√°ria Federal ter√° um papel importante nas rodovias. "Vamos atuar em nove pontos visando atender todas as cidades à margem das rodovias federais com foco da operação no trânsito e transporte de passageiros, buscando situações que estejam ocorrendo crimes, inclusive no pós-eleições teremos equipes ativas até às 18 horas do dia 31 de outubro", frisou o superintendente da PRF-TO, Almir Eust√°quio.


Essa também é a preocupação do Corpo de Bombeiros. "Estamos preparados para que a gente possa atuar nas ocorr√™ncias que nos são t√≠picas, bem como para atuar no pós-eleições com relação a concentração de p√ļblico. Nós imaginamos que teremos um ambiente tranquilo no Tocantins, mas o ambiente de comemorações j√° justifica que o Corpo de Bombeiros esteja atuando", destacou a comandante de Operações dos Bombeiros, Ten-Cel Andreya Bueno.


Também participaram da coletiva, o secret√°rio da Cidadania e Justiça, Deusiano de Amorim; o inspetor da Pol√≠cia Judicial, Marcos Leôncio, representando o TRE-TO; a superintendente de Segurança Integrada, Maria de F√°tima Holanda; o sub-diretor do Sistema Integrado de Operações (SIOP), Anderson Casé.


Gabinete de Monitoramento

A Operação Eleições 2022 é uma ação conjunta coordenada pelo Ministério da Justiça e Segurança P√ļblica, por meio da Secretaria de Operações Integradas (Seopi), e no Tocantins ser√° executada e acompanhada em tempo real pelas Pol√≠cias Civil (PC), Militar (PM), Federal (PF) e Rodovi√°ria Federal (PRF), Corpo de Bombeiros, Guardas municipais e Ag√™ncias de trânsito, no Gabinete de Monitoramento, instalado nas depend√™ncias do Quartel do Comando-Geral da PM, em Palmas.


Com a instalação do Gabinete de Monitoramento, as forças de segurança realizam um trabalho conjunto da situação eleitoral em todo Estado. O Gabinete é coordenado pelo SIOP e a Superintend√™ncia de Segurança Integrada da Secretaria de Segurança P√ļblica do Tocantins (SSI/SSP-TO).


"A equipe est√° seguindo as mesmas diretrizes de Bras√≠lia, e vamos seguir o mesmo planejamento, com uma √ļnica missão, a de proporcionar eleições seguras para todo cidadão", pontuou o diretor do SIOP, Coronel Álon Nery Amaral.


No domingo, 30, dia da eleição, a cada duas horas, a partir das 9 horas, serão divulgados Boletins Informativos com os indicadores gerados por poss√≠veis impactos na segurança p√ļblica, entre eles: crimes eleitorais (boca de urna, transporte ilegal de eleitores, compras de votos, entre outros), manifestações pac√≠ficas e/ou violentas, bloqueio de vias, rixas, ameaças e atentados, temporais e/ou alagamentos e quedas de energias em locais de votação e de apuração dos votos.

Fonte: SECOM TO
Comunicar erro
GG Noticias

© 2024 GG Noticias - Todos os direitos reservados.

•   Política de Cookies •   Política de Privacidade    •   Contato   •

GG Noticias
Acompanhantes em Goi?nia