Segurança P√ļblica

Homem foragido da Justiça do Tocantins por latrocínio é preso no Estado do Maranhão

Indiv√≠duo foi capturado por meio de ação conjunta da Pol√≠cia Civil do Tocantins e da Pol√≠cia Militar do Maranhão

Por GG Notícias

03/05/2023 às 16:00:00 - Atualizado h√°
 Arma utilizada no crime ocorrido em São Miguel do Tocantins /Foto: Divulgação PCTO

Um homem de 32 anos, considerado o principal suspeito de praticar um crime de latroc√≠nio no Povoado São Francisco, zona rural de São Miguel do Tocantins, no dia 26 de abril, foi localizado e preso no √ļltimo domingo, 30, em uma √°rea rural da cidade de Vila Nova dos Mart√≠rios, no Estado do Maranhão. De acordo com o delegado Antônio Bandeira, respons√°vel pelo caso, o indiv√≠duo foi localizado após compartilhamento de informações entre as equipes da 16¬™ Delegacia de São Miguel do Tocantins e a Pol√≠cia Militar do Estado vizinho. "Logo depois que fomos informados sobre o latroc√≠nio, que vitimou o idoso José Rodrigues de Oliveira, de 62 anos, começamos as investigações e conseguimos identificar o principal suspeito pelo crime que bebia com a v√≠tima no momento dos fatos", explicou o delegado Bandeira. Desse modo, o delegado representou, junto ao Poder Judici√°rio, pela prisão do homem, a qual foi deferida pela Vara Criminal da Comarca de Itaguatins. De posse da ordem judicial, as equipes da 16¬™ DP intensificaram as buscas na tentativa de localizar o homem. Com base no compartilhamento de informações, o suspeito foi localizado e preso pela Pol√≠cia Militar em uma plantação de eucalipto, na zona rural da cidade de Vila Nova dos Mart√≠rios. Ele apresentava ferimentos, pois j√° estava h√° mais de seis dias em fuga pela mata. Desse modo, ele foi conduzido ao Hospital da cidade, onde foi atendido e, em seguida, conduzido até a Central de Flagrantes da Pol√≠cia Civil em Açailândia (MA), onde foi formalizado o cumprimento do mandado de prisão e o indiv√≠duo encaminhado à Cadeia P√ļblica local.

O crime

O delegado Antônio Bandeira ressaltou que na tarde do crime, v√≠tima e autor estavam ingerindo bebida alcoólica em um bar, no povoado São Francisco, quando, por volta das 15 horas, houve uma discussão. "Uma testemunha que se encontrava no local contou à Pol√≠cia Civil que em determinado momento ouviu um disparo de arma de fogo e quando se virou percebeu que a v√≠tima tinha levado um tiro na testa", disse. As investigações da 16¬™ DP apontaram que o latroc√≠nio foi motivado por um desentendimento entre v√≠tima e suspeito quanto ao pagamento da conta. "Após atingir a v√≠tima com um tiro da garrucha que carregava, o suspeito ainda subtraiu a quantia de R$ 350, o aparelho celular, bem como a motocicleta da v√≠tima e fugiu em seguida", frisou a autoridade policial.

Perseguição

Com a identificação do suspeito, as buscas foram intensificadas, uma vez que as equipes da 16¬™ DP descobriram que o suspeito tinha fugido para o Maranhão. Desse modo, com apoio da pol√≠cia daquele Estado, foi poss√≠vel localizar e prender o homem, que agora ser√° recambiado ao Tocantins para responder pelo crime do qual est√° sendo investigado. "A prisão desse indiv√≠duo é de suma importância, para o encerramento do inquérito policial, uma vez que o crime praticado foi extremamente grave e ao que tudo indica cometido por motivo f√ļtil", destacou o delegado Antônio Bandeira.




Fonte: Rogério de Oliveira/Governo do Tocantins
Comunicar erro
GG Noticias

© 2024 GG Noticias - Todos os direitos reservados.

•   Política de Cookies •   Política de Privacidade    •   Contato   •

GG Noticias