Segurança P√ļblica SEGURANÇA P√öBLICA

Polícia prende suspeitos de roubos e extorsões em Araguaína

Na manhã da última quarta-feira, 31, a Delegacia de Repressão a Roubos (DRR - Araguaína), com o apoio operacional da 2¬™ Divisão de Repressão a Narcóticos (2¬™ DENARC), cumpriu dois mandados de prisão temporária contra suspeitos de envolvimento em roubos e extorsões.

Por GG Notícias

03/06/2023 às 13:20:45 - Atualizado h√°

Na manhã da última quarta-feira, 31, a Delegacia de Repressão a Roubos (DRR - Araguaína), com o apoio operacional da 2¬™ Divisão de Repressão a Narcóticos (2¬™ DENARC), cumpriu dois mandados de prisão temporária contra suspeitos de envolvimento em roubos e extorsões. Os indivíduos detidos têm 19 e 27 anos de idade.

O delegado-chefe da DRR, Felipe Crivelaro, explicou que durante a prisão de um dos suspeitos, uma quantidade significativa de drogas foi encontrada, resultando em sua autuação em flagrante por tráfico de drogas. A operação foi denominada "Mensageiro da Morte", em referência ao codinome utilizado por um dos presos pertencente a uma facção criminosa.

O crime que motivou a emissão dos mandados de prisão ocorreu em Araguaína, no Setor Camargo, no último dia 16. As investigações revelaram que a vítima, que trabalha com compra e venda de joias, vinha recebendo mensagens de um indivíduo interessado na compra de peças de ouro.

No dia do crime, a vítima, que também trabalha em uma pizzaria, recebeu uma ligação de um suposto cliente solicitando a entrega de uma pizza. "Ao chegar ao endereço informado, a vítima ligou para o número do cliente e percebeu que era o mesmo número com o qual vinha negociando joias. Nesse momento, ela percebeu que era uma emboscada e foi abordada por três indivíduos armados, que exigiram a entrega de seus pertences", explicou o delegado.

No mesmo incidente, os criminosos também extorquiram a vítima, exigindo uma transferência de dinheiro via PIX. Ao fugirem, abandonaram o veículo utilizado, o qual foi identificado como produto de furto ocorrido uma semana antes.

O terceiro envolvido, apontado como mandante e organizador do crime, já foi identificado e está foragido da justiça por outros delitos. Segundo o delegado, sua prisão é apenas uma questão de tempo.

Os dois homens presos nesta quarta-feira foram encaminhados para a Unidade Penal Regional de Araguaína, onde ficarão à disposição do Poder Judiciário.

O delegado Felipe Crivelaro ressaltou que as prisões efetuadas pela DRR e pela Denarc nesta operação contribuirão para a completa elucidação do caso e trarão mais tranquilidade à sociedade de Araguaína.

"É importante ressaltar que se tratam de indivíduos perigosos e ligados a facções, que vinham cometendo uma série de crimes com extrema violência e ameaças. Portanto, as prisões realizadas hoje reforçam o compromisso da Polícia Civil do Tocantins.

Comunicar erro
GG Noticias

© 2024 GG Noticias - Todos os direitos reservados.

•   Política de Cookies •   Política de Privacidade    •   Contato   •

GG Noticias