Brasil

João de Deus recebe mais 100 anos de condenação por crimes sexuais em novo veredicto

Médium acumula mais três condenações, totalizando mais de 370 anos de prisão, enquanto aguarda julgamento de recursos

Por Redação

11/07/2023 às 09:45:00 - Atualizado há
Foto: Filipe Cardoso

João Teixeira de Faria, mais conhecido como João de Deus, enfrentou mais um dia de julgamento nesta segunda-feira (10/7) e recebeu novas condenações por crimes sexuais. O médium foi sentenciado a quase 100 anos de prisão em mais três processos realizados em Abadiânia, no Entorno do Distrito Federal. As condenações dizem respeito aos crimes de estupro de vulnerável e violação sexual mediante fraude. Com essas sentenças adicionais, o total de anos de prisão de João de Deus ultrapassa a marca impressionante de 370 anos, 9 meses e 15 dias. No entanto, as sentenças ainda estão sujeitas a recursos judiciais.

Atualmente, restam apenas quatro processos pendentes contra João de Deus que aguardam sentença. De acordo com o Tribunal de Justiça de Goiás (TJGO), todos esses casos encontram-se na fase de alegações finais. Na condenação mais recente, o médium recebeu uma pena de 99 anos, 8 meses e 15 dias de reclusão em regime fechado. Os processos referem-se a oito vítimas de crimes sexuais ocorridos entre 2010 e 2018. Além da pena de prisão, João de Deus foi condenado a pagar R$ 100 mil como indenização por danos morais às vítimas.

Embora tenha sido condenado a cumprir a pena em regime fechado, João de Deus continua em prisão domiciliar. A defesa do médium informou ao portal G1 que ainda não foi intimada sobre as sentenças e que, caso as novas decisões sigam as mesmas metodologias adotadas anteriormente, a defesa pretende recorrer.

O caso de João de Deus, envolvendo múltiplas acusações de abuso sexual, tem ganhado destaque nos últimos anos, chocando o país e despertando discussões sobre a responsabilização de líderes espirituais. A espera pelos desfechos dos processos e a busca por justiça permanecem como um desafio para as vítimas e suas famílias, enquanto a sociedade reflete sobre a importância de enfrentar crimes dessa natureza com rigor e garantir que os agressores sejam responsabilizados por suas ações.

Comunicar erro
GG Noticias

© 2024 GG Noticias - Todos os direitos reservados.

•   Política de Cookies •   Política de Privacidade    •   Contato   •

GG Noticias
Acompanhantes em Goi?nia