Tribunal Regional Eleitoral do Tocantins passa por auditoria interna para manutenção da certificação ISO 9001:2015

Processos do TRE-TO são avaliados para garantir a qualidade do atendimento aos cidadãos

Foto: Lucas Nascimento

Foto: Lucas Nascimento

Na próxima segunda-feira, 17 de julho, terá início uma importante auditoria interna no Tribunal Regional Eleitoral do Tocantins (TRE-TO) com o objetivo de assegurar a continuidade das ações de manutenção da certificação ISO 9001:2015 e do Programa de Qualidade da Justiça Eleitoral (PGJE) do Sistema de Gestão da Qualidade (SGQ) da Corte. Essa auditoria se estenderá até o dia 21 de julho, com uma equipe especializada avaliando os processos planejados e a conformidade com os requisitos da norma ISO 9001 e do SGQ.

O time responsável pela auditoria é composto por dois servidores do Tribunal Regional Eleitoral de Goiás (TRE-GO), Christiano de Sousa Vieira e Hamilton Pinheiro de Oliveira. Além disso, servidores da Coordenadoria de Auditoria Interna (Coaudi) e das Zonas Eleitorais também estarão presentes como observadores, após terem participado de um programa de capacitação de auditores no mês de junho.

Uma reunião foi realizada para discutir os detalhes do processo de auditoria, contando com a presença do diretor geral do TRE-TO, Jonas Demóstene Ramos, e da equipe da Assessoria de Comunicação (Ascom). Durante o encontro, foram abordados os requisitos das certificações ISO 9001:2015 e do SGQ, e Jonas Ramos enfatizou as perspectivas da nova gestão, ressaltando a importância de satisfazer as necessidades da população em relação aos serviços da Justiça Eleitoral.

Ao todo, serão avaliados 20 processos, utilizando métodos como entrevistas, observação, análise de dados e indicadores, análise de documentos, exame de registros e correlação de informações obtidas. Os requisitos analisados incluem a compreensão da organização e seu contexto, partes interessadas, escopo do SGQ, liderança e comprometimento, foco no cliente, política da qualidade, entre outros.

O TRE-TO foi o primeiro órgão público do Tocantins a obter a certificação ISO 9001 em 2005 e, desde então, tem se dedicado à manutenção dessa conquista, passando por auditorias internas e externas anualmente. A Corte também recebeu o Selo de Qualidade pelo Programa de Qualidade da Justiça Eleitoral em 2012.

Essa auditoria interna reforça o compromisso do Tribunal Regional Eleitoral do Tocantins em oferecer um atendimento de qualidade aos cidadãos, aprimorando constantemente seus mecanismos de gestão e governança. Com uma equipe dedicada e processos bem estruturados, o TRE-TO busca alcançar seus objetivos estratégicos, que incluem melhorar o atendimento ao cidadão, promover transparência pública, fomentar a educação política da sociedade e aprimorar suas práticas de sustentabilidade, entre outros.