Campeão mundial de rodeio brasileiro é suspenso por dois anos pela PBR por violação de regras

Rafael José de Brito, atual detentor do título mundial de montaria em touros, é punido por ausência não justificada em torneio por equipes

Foto: PBR

Foto: PBR

Um dos grandes destaques do mundo do rodeio, o peão brasileiro Rafael José de Brito, atual campeão mundial de montaria em touros, enfrenta uma suspensão de dois anos pela Professional Bull Riders (PBR), principal liga internacional da modalidade. A suspensão, aplicada pela PBR, impedirá Brito de participar de todas as competições nas temporadas 2023 e 2024.

O motivo da punição, de acordo com a direção da PBR, é que Rafael Brito descumpriu regras essenciais da liga ao ausentar-se sem justificativa do torneio por equipes (Team Series). O peão de 31 anos, natural de Potirendaba (SP), fazia parte da equipe titular do Texas Rattlers para a temporada 2023, cuja primeira etapa foi disputada recentemente em Cheyenne.

A PBR comunicou a suspensão de Rafael de Brito de forma sucinta, não mencionando em sua nota o fato de que ele é o atual campeão mundial individual da modalidade. Em maio deste ano, Brito conquistou a cobiçada "tríplice coroa", terminando a temporada como número 1 do mundo, sendo eleito novato do ano e vencendo a etapa final em Fort Worth, no Texas, Estados Unidos.

Foto: Reprodução

Com uma premiação total de US$ 1,39 milhão (equivalente a R$ 6,56 milhões), o peão brasileiro decidiu retornar ao Brasil após o sucesso nos Estados Unidos. Segundo suas declarações, a ausência não justificada no torneio por equipes se deu por divergências financeiras com a equipe do Texas, que teria oferecido um valor considerado baixo por ele.

Apesar da suspensão, Rafael de Brito demonstra determinação ao afirmar que não deixará de competir e montar em touros. Ele declarou que seguirá participando de competições no Brasil, mostrando-se comprometido com a modalidade que tanto ama.

Enquanto a PBR autorizou o Texas Rattlers a contratar outro peão para sua lista principal, a equipe optou pelo americano Dawson Gleaves. A próxima etapa da Team Series, marcada para ocorrer na T-Mobile Center em Kansas City, promete ser recheada de emoções, contando com a participação de diversos talentosos peões brasileiros.