Operação Labirinto: Polícia Civil prende 18 suspeitos em megaoperação contra roubos em Araguaína

A maior investida contra roubos na história do Tocantins coloca 18 criminosos atrás das grades

Foto: PC/TO

Foto: PC/TO

A Divisão Antirroubos da Polícia Civil do Tocantins realizou uma ação histórica em Araguaína, desencadeando a Operação Labirinto, a maior investida contra roubos j├í realizada no estado. O objetivo foi combater os assaltos em resid├¬ncias, comércios e veículos na cidade. Na última quarta-feira, 2, a DRR Araguaína divulgou o balanço da operação, revelando que 18 mandados de prisão preventiva foram cumpridos contra os suspeitos de cometerem esses crimes, evidenciando o sucesso da empreitada policial.

O nome da operação, segundo o delegado titular da Divisão Antirroubos, Fellipe Crivelaro, faz refer├¬ncia aos indivíduos j├í detidos anteriormente por outros roubos, mas que agora enfrentam novas acusações decorrentes de investigações adicionais. "Todas as representações por prisões preventivas foram aceitas pelo Poder Judici├írio e prontamente executadas na unidade prisional local, que funciona como um verdadeiro labirinto, dificultando a fuga dos alvos da operação. Com essas prisões preventivas, garantimos que esses criminosos permaneçam detidos e à disposição da Justiça, j├í que os inquéritos foram concluídos e encaminhados ao Judici├írio, comprovando suas participações nos delitos", explica o delegado.

Impressionantemente, a megaoperação foi realizada por uma equipe reduzida, composta por apenas um delegado, quatro agentes e dois escrivães de polícia. Apesar disso, o sucesso da ação mostra que com a aplicação de eficientes técnicas de investigação, é possível obter grandes resultados e proporcionar maior segurança para a sociedade.

O delegado Felipe Crivelaro também destacou que a comunidade de Araguaína j├í percebeu os efeitos positivos da Operação Labirinto, com uma redução significativa nos crimes dessa natureza na cidade. "Os impactos negativos dos roubos, que anteriormente eram considerados uma epidemia na maior cidade da região Norte do Estado, agora são cada vez menos sentidos pela população local. Essa ação é um importante passo para garantir a tranquilidade e a segurança dos cidadãos de Araguaína", concluiu. A Polícia Civil reafirma seu compromisso em combater o crime e trazer justiça para a sociedade tocantinense.