Segurança P√ļblica

Super Sorte: Polícia Civil fecha loteria clandestina em Taguatinga, no sudeste do Estado

Investigação revela esquema de venda ilegal de bilhetes com envolvimento de menores e ind√≠cios de consumo de drogas.

Por Redação

05/08/2023 às 07:30:00 - Atualizado h√°
Foto: SSP/TO

Uma operação policial da 103¬™ Delegacia de Pol√≠cia resultou no fechamento de uma loteria clandestina que operava no centro da cidade de Taguatinga, região sudeste do Tocantins. Conhecida como "Super Sorte", a loteria vinha atraindo a atenção de moradores locais, mas as atividades il√≠citas foram descobertas e interrompidas pela Pol√≠cia Civil.

As investigações revelaram que dois indiv√≠duos vindos do Estado do Maranhão estabeleceram-se em Taguatinga e recrutaram cerca de 20 pessoas para vender bilhetes dessa loteria não autorizada. Diariamente, mil bilhetes eram comercializados pelo valor de R$2,00 cada um, com um pr√™mio di√°rio de R$500,00. O sorteio acontecia no Maranhão, e o resultado era divulgado através de um grupo no aplicativo de mensagens.

No entanto, a operação do "Super Sorte" não possu√≠a autorização legal, fiscalização ou auditoria, o que levantou suspeitas sobre a integridade e veracidade dos sorteios. O delegado de Pol√≠cia Lucas Rodrigues, respons√°vel pelas investigações, destacou que a realização de sorteios ou atividades similares sem a autorização do Ministério da Fazenda é uma infração penal, que pode encobrir esquemas de lavagem de dinheiro, associação criminosa e corrupção de menores.

Foto: SSP/TO

De maneira preocupante, a investigação revelou que menores de idade estavam sendo utilizados para a venda dos bilhetes, abordando pessoas nas ruas ou através das redes sociais. Essa pr√°tica ilegal ampliou a reprovabilidade da conduta investigada.

Durante o cumprimento do mandado de busca e apreensão, a Pol√≠cia Civil apreendeu centenas de bilhetes que ainda seriam vendidos, anotações sobre as vendas realizadas, carimbos, aparelhos de telefone celular, moedas e cédulas de dinheiro. Além disso, foram encontrados um "dichavador", um equipamento utilizado para o fracionamento de droga, uma porção de maconha e restos de cigarros, indicando que o local também era usado para o consumo e possivelmente o comércio clandestino de drogas.

Os indiv√≠duos envolvidos foram detidos e conduzidos à Delegacia de Pol√≠cia, onde foram autuados. As investigações continuarão para esclarecer todas as circunstâncias envolvidas no caso e identificar outras pessoas que possam estar ligadas ao esquema ilegal.

O delegado enfatizou que a realização desse tipo de sorteio sem a devida autorização do Governo Federal desrespeita a Lei Federal n¬į 5.768/1971, configurando, portanto, uma contravenção penal descrita no artigo 58 da Lei de Contravenções Penais. A Pol√≠cia Civil permanecer√° vigilante para combater atividades ilegais e proteger a população da exploração dessas pr√°ticas clandestinas.

Comunicar erro
GG Noticias

© 2024 GG Noticias - Todos os direitos reservados.

•   Política de Cookies •   Política de Privacidade    •   Contato   •

GG Noticias