Troca de Experiências e Cuidado pela Fauna: Semana Silvestre Traz Conhecimento e Aprendizado

Instituto Natureza do Tocantins promove Semana Silvestre de 14 a 18 de agosto para promover o manejo responsável da fauna silvestre

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

O Instituto Natureza do Tocantins (Naturatins) está preparando uma oportunidade ímpar para compartilhar conhecimentos e aprendizados sobre o manejo de fauna silvestre sob cuidado humano. A tão aguardada Semana Silvestre acontecerá de 14 a 18 de agosto de 2023. A iniciativa é coordenada pela Diretoria de Biodiversidade e Áreas Protegidas (DBAP), através da Gerência de Pesquisa e Informações da Biodiversidade (GPIB).

Este evento inclusivo e educativo não se limita ao público interno do órgão ambiental. Instituições parceiras, como universidades com Acordos de Cooperação Técnica (ACTs) estabelecidos, o Batalhão de Polícia Militar Ambiental (BPMA), a Guarda Metropolitana, o Corpo de Bombeiros e empreendimentos relacionados à fauna, também se unem para enriquecer a programação.

As discussões se concentrarão em diversos tópicos cruciais, incluindo o monitoramento das Áreas de Soltura de Animais Silvestres (ASAS) e das espécies ameaçadas, como o pato-mergulhão, a ariranha e os fascinantes membros da Superordem Xenarthras, como preguiças, tamanduás e tatus.

Uma das notáveis apresentações será sobre a reabilitação, soltura e monitoramento de psitacídeos, que abrange aves como papagaios, periquitos e araras vítimas do tráfico de animais silvestres. Esta sessão será conduzida pela equipe do renomado Instituto de Pesquisa e Conservação Waita, sediado em Belo Horizonte, Minas Gerais.

Concluindo a semana de exploração e aprendizado, a sexta-feira reserva uma participação de destaque. Representantes do Ministério da Saúde e da Secretaria de Estado da Saúde estarão presentes, abordando a Febre do Nilo Ocidental. A discussão incluirá aspectos fundamentais, fluxos de notificação, coleta de amostras e o cenário da infecção viral no Tocantins. A bióloga Samara Almeida, coordenadora do Centro de Fauna (Cefau) do Naturatins, compartilha: "A Semana Silvestre encerrará com uma análise abrangente da situação epidemiológica e dos fluxos de notificação da Febre do Nilo Ocidental, oferecendo um panorama completo sobre essa questão crucial."

A Semana Silvestre emerge como um importante fórum para promover a conscientização e a capacitação no manejo responsável da fauna silvestre. Um convite para compartilhar conhecimento, fortalecer a colaboração e garantir um futuro mais sustentável para o Tocantins e suas ricas biodiversidades.