Consultas Públicas do PPA 2024-2027 do Governo do Tocantins têm Cronogramas Reformulados

Alterações nas datas das consultas públicas visam otimizar a participação da população nas discussões do Plano Plurianual

Foto: Loise Maria

Foto: Loise Maria

Em um esforço contínuo para aprimorar a participação da comunidade nas decisões do Estado, o Governo do Tocantins realizou ajustes nos cronogramas das consultas públicas do Plano Plurianual (PPA 2024-2027). Este adiamento estratégico permitirá que os cidadãos expressam suas opiniões de maneira mais conveniente e informada, garantindo que suas vozes sejam efetivamente ouvidas.

Inicialmente programadas para serem concluídas no mês de agosto, as últimas consultas públicas foram redesenhadas para o mês de setembro. O novo calendário coloca Pedro Afonso como ponto de partida, marcando a consulta para o dia 5. Em seguida, Novo Acordo entrará na conversa no dia 12. Por fim, Palmas encerrará esse ciclo de diálogo no dia 15 de setembro, concluindo assim as etapas de consultas públicas da elaboração do Plano Plurianual.

O intuito primordial das consultas públicas é oferecer à população uma voz ativa na construção do futuro do estado. O governador Wanderlei Barbosa, sensível à importância dessa participação direta, reconheceu a necessidade de ver e ouvir pessoalmente as preocupações, necessidades e aspirações da população. O secretário de Estado do Planejamento e Orçamento, Sergislei Silva de Moura, ressaltou essa conexão vital entre o governo e os cidadãos, destacando a importância da presença maciça da comunidade nessas discussões construtivas.

Até agora, já foram realizadas sete consultas públicas em várias regiões do estado, reafirmando o compromisso do Governo do Tocantins em estabelecer uma conexão direta com os cidadãos. O propósito central do Plano Plurianual (PPA) é traçar um roteiro estratégico de médio prazo para a implementação das políticas públicas. Este documento, de iniciativa do Poder Executivo, molda as diretrizes, metas e objetivos da administração pública, orientando as despesas de capital e programas de duração continuada.

Como a rocha angular do planejamento estatal, o PPA é um guia que delinea o caminho da atuação governamental, pautado em um compromisso com a melhoria da qualidade de vida dos cidadãos e o desenvolvimento sustentável do estado. A reformulação dos cronogramas das consultas públicas reflete a busca constante por uma colaboração mais sólida e significativa entre a administração pública e aqueles a quem ela serve, fortalecendo assim os alicerces de um futuro melhor e mais promissor para todos os tocantinenses.