Embrapa Inaugura Projeto de Produção de Alimentos em Comunidade Indígena com a Presença do Vice-Prefeito de Tocantínia

Projeto pioneiro promove a produção sustentável de alimentos e piscicultura na comunidade da Aldeia Cachoeirinha.

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

Na comunidade da Aldeia Cachoeirinha, em Tocantínia, algo especial aconteceu na última sexta-feira (15) que promete revolucionar a produção de alimentos de forma sustentável. O vice-prefeito João Alberto Coelho Machado, representando o prefeito Manoel Silvino, e o secretário de Juventude e Esportes, Adalton Pereira, tiveram a honra de receber a ilustre visita da secretária da Pesca e Aquicultura, Miyuki Hyashida. Juntos, mergulharam em uma discussão promissora sobre alternativas para a produção de alimentos que respeitam o meio ambiente, e também exploraram o vasto potencial hídrico do município.

Logo após esse encontro inspirador, João Alberto, acompanhado do secretário de Meio Ambiente e Saneamento Básico, Raul Rodrigues, e do presidente da Câmara, o vereador Sérgio Caldeira, partiram para um destino que prometia inovação e crescimento. Eles se dirigiram até a comunidade da Aldeia Cachoeirinha para participar de um evento grandioso: a inauguração do projeto pioneiro de produção de alimentos da Embrapa.

Foto: Divulgação

A Chefe Geral da Embrapa, Danielle de Bem Luz, estava presente para celebrar essa conquista. O projeto inaugural abrange a piscicultura e faz parte de um sistema integrado de produção de alimentos. Dois tanques impressionantes, com capacidade de 150 metros cúbicos cada, foram inaugurados, marcando o início da produção de tambaquis. Esses tanques têm potencial para produzir até 1.200 quilos de peixes.

Mas o que torna este projeto ainda mais significativo é o fato de ser desenvolvido em parceria com a Associação dos Brigadistas Akwê Xerente, dedicada à prevenção e controle de queimadas e incêndios florestais do Prevfogo/Ibama. A união entre essas entidades demonstra o compromisso conjunto com a sustentabilidade e o fortalecimento das comunidades.

Foto: Divulgação

Pedro Paulo Xerente, coordenador da Funai Araguaia/Tocantins, destacou a importância vital deste projeto sustentável para a comunidade indígena. Ele também expressou sua gratidão à Embrapa e ao Senador Eduardo Gomes, que tem sido um apoiador incansável deste empreendimento transformador.

O vice-prefeito João Alberto aplaudiu de pé a iniciativa e a conquista da comunidade indígena. Este projeto não só promete produzir alimentos para os habitantes locais, mas também gerar renda com a venda do excedente da produção. João Alberto enfatizou o compromisso contínuo da prefeitura de Tocantínia em apoiar as comunidades em suas empreitadas, incluindo as roças mecanizadas.

Foto: Divulgação

Este é um exemplo inspirador de como a colaboração entre governos locais, organizações de pesquisa e comunidades pode resultar em um impacto positivo significativo. A inauguração desses tanques de piscicultura é mais do que um evento; é um testemunho da perseverança e da visão de um futuro mais brilhante, não apenas para Tocantínia, mas para todo o Tocantins.

Foto: Divulgação