Homem Tenta Matar Ex-Mulher Enquanto Dormia, mas Ela Reage com Coragem

Uma noite de terror em Paraíso do Tocantins: tentativa de feminicídio termina com ambos feridos e o agressor atrás das grades.

Foto: Prefeitura de Paraíso do Tocantins

Foto: Prefeitura de Paraíso do Tocantins

Em uma noite que ficar√° para sempre marcada por coragem e determinação, uma mulher de 31 anos, cujo nome não foi divulgado por razões de segurança, acordou para enfrentar o pesadelo da viol√™ncia doméstica. Em Paraíso do Tocantins, no coração do Estado, ela foi alvo de uma tentativa de feminicídio por seu ex-companheiro.

O agressor, um homem de 37 anos, ainda não identificado publicamente, invadiu o sono da vítima com golpes de faca, acreditando que a escuridão da noite encobriria seus atos repugnantes. Entretanto, ele não contava com a bravura inabal√°vel de sua ex-mulher.

No momento em que o pesadelo começou, a mulher se viu diante de uma situação de vida ou morte. Ela conseguiu reunir todas as forças que tinha e, em um ato de pura determinação, agarrou a faca que ameaçava tirar sua vida e, com coragem, acertou o pescoço do agressor. Ferido e atordoado, o agressor conseguiu escapar em seu carro.

Os gritos de socorro da vítima chamaram a atenção dos serviços de emerg√™ncia, que rapidamente acudiram ao local. O Serviço de Atendimento Móvel de Urg√™ncia (SAMU) prestou os primeiros socorros à mulher valente, cuja resili√™ncia se tornou a chave de sua sobreviv√™ncia.

A Polícia Militar respondeu ao chamado do SAMU, encontrando a vítima corajosa e ferida, mas viva. Ela relatou que o agressor, embora j√° separados, tinha acesso à casa, a qual ambos ainda compartilhavam. As cicatrizes emocionais deixadas por passagens anteriores de ameaças e injúrias não passaram despercebidas.

As autoridades foram informadas de que a mulher acordou com seu agressor sobre ela, desferindo golpes fatais de faca. Em uma luta pela própria sobreviv√™ncia, ela se agarrou à arma do agressor e atingiu seu pescoço. Mesmo ferido, o agressor conseguiu fugir de carro, mas a vítima não estava disposta a desistir. Ela forneceu às autoridades informações sobre dois possíveis locais onde o suspeito poderia ser encontrado.

Em um ato de justiça e r√°pida ação policial, o agressor foi localizado e detido pela Polícia Militar no exato momento em que estava tentando entrar em uma resid√™ncia no setor Oeste.

Ambos, vítima e agressor, sofreram ferimentos de corte causados por arma branca e foram levados ao Hospital Regional de Paraíso do Tocantins. Após receberem atendimento médico, o agressor foi conduzido à Delegacia de Polícia Civil, onde enfrentar√° acusações de tentativa de feminicídio. A condição de saúde da mulher permanece incerta, e todos esperam que sua coragem inspire não apenas a busca por justiça, mas também um futuro mais seguro para todas as vítimas de viol√™ncia doméstica. Esta é uma história de superação e coragem, onde uma mulher se recusou a ser uma vítima e reivindicou seu direito à vida.