Operação Paz: Polícia Civil Conclui Investigação e Indicia Faccionado por Homicídio em Guaraí

Disputa entre facções rivais resulta em crime brutal na cidade, com suspeito indiciado por assassinato qualificado.

Foto: SSP/TO

Foto: SSP/TO

Em mais um desdobramento da Operação Paz, conduzida pela Pol√≠cia Civil do Tocantins, a 5¬™ Divisão de Combate ao Crime Organizado (5¬™ DEIC - Guara√≠) concluiu as investigações sobre um homic√≠dio ocorrido na cidade em 18 de junho. O inquérito resultou no indiciamento do principal suspeito, um faccionado de 22 anos, identificado pelas iniciais R.R.D, por homic√≠dio qualificado.

O delegado Adriano Carrasco, à frente das investigações, revelou que o crime chocante teve motivações ligadas a disputas territoriais entre facções criminosas rivais. O indiciado, movido por esse conflito, atacou covardemente a v√≠tima, J.S.M., de 44 anos, desferindo 16 facadas.

"Durante o inquérito policial, ficou comprovado que v√≠tima e autor eram desafetos, pertencentes a facções criminosas rivais. Esse fator motivou R.R.D a armado com uma faca, surpreender a v√≠tima e desferir in√ļmeros golpes, deixando J.S.M sem qualquer chance de defesa", explicou Carrasco.

Além do indiciamento, o delegado solicitou a prisão preventiva do suspeito, medida prontamente decretada pelo Poder Judici√°rio. No entanto, R.R.D encontra-se foragido, e a Pol√≠cia Civil est√° intensificando esforços para sua captura.

"A alta periculosidade desse indiv√≠duo nos impulsiona a buscar sua prisão o mais rapidamente poss√≠vel. Queremos garantir que ele responda pelos crimes pelos quais foi indiciado", enfatizou a autoridade policial. A Operação Paz continua a ser uma resposta firme contra o crime organizado no Tocantins, promovendo a segurança e a justiça na região.