Tocantins

Combate ao Crime Ambiental: Estratégia Integrada Entre Tocantins, Bahia e Ibama é Articulada pelo Governo

Ação conjunta visa enfrentar violações às leis de proteção ambiental em área de fronteira, unindo forças estaduais e federais.

Por Redação

17/11/2023 às 15:58:46 - Atualizado há
Foto: Vinícius Santa Rosa

Em um esforço conjunto para enfrentar violações às leis de proteção ambiental, o Governo do Tocantins está liderando uma iniciativa integrada em parceria com o Governo da Bahia e o Instituto Brasileiro de Meio Ambiente e Recursos Renováveis (Ibama). A ação visa combater um crime ambiental identificado em uma área na Bahia, localizada na fronteira entre os estados, na região Sudeste do Tocantins.

Representando o Tocantins, os secretários da Secretaria de Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Semarh), Marcelo Lelis, e o secretário Extraordinário de Representação em Brasília, Carlos Manzini Júnior, apresentaram um relatório elaborado pelo Naturatins durante uma reunião em Brasília na última terça-feira, 14. A equipe técnica do Ibama, representando o presidente Rodrigo Agostinho, participou da reunião, que foi solicitada pelo deputado federal Lázaro Botelho, representado por Maurílio Ricardo Araújo, chefe de gabinete.

O crime ambiental em questão envolve o descarte inadequado de embalagens de agrotóxicos e pneus em uma grande erosão próxima às nascentes do Córrego Bartolomeu e Rio Palma, afetando uma área de lavoura. A denúncia inicial foi feita pela ONG Voz Ambiental, e após a confirmação dos fatos pelos órgãos competentes, o Naturatins elaborou o relatório entregue ao Ibama nacional.

Foto: Vinícius Santa Rosa

O secretário da Semarh, Marcello Lelis, destacou a importância da integração entre os governos estaduais e federal para agilizar os processos e chegar rapidamente à fase de recuperação das áreas afetadas. Desde a identificação do crime, a Superintendência do Ibama no Tocantins está envolvida, e a entrega do relatório ao Ibama nacional é um passo crucial nesse processo.

O relatório, além de dados técnicos, considerou informações coletadas junto às comunidades ribeirinhas da região, que podem ter a saúde e meios de vida impactados pela contaminação da água. Esse risco também afeta a prática do turismo na área, conhecida como Serras Gerais do Tocantins, rica em atrativos turísticos nos rios, lagos e cachoeiras. A iniciativa visa, portanto, não apenas a preservação ambiental, mas também a segurança e qualidade de vida das comunidades locais e o potencial turístico da região.

Comunicar erro
GG Noticias

© 2024 GG Noticias - Todos os direitos reservados.

•   Política de Cookies •   Política de Privacidade    •   Contato   •

GG Noticias
Acompanhantes em Goi?nia