Professor Suspeito de Estupro de Vulnerável em Goiás é Capturado no Tocantins pela Polícia Civil: Crimes Chocantes Envolvendo Duas Irmãs Menores de Idade

Operação H√≥rus da Pol√≠cia Civil do Tocantins desvenda rede de crimes sexuais, com cumplicidade da mãe das v√≠timas, que facilitava o contato do investigado com as crianças.

Foto: SSP/TO

Foto: SSP/TO

A Pol√≠cia Civil do Tocantins, em uma operação liderada pela 7¬™ Delegacia Regional de Gurupi, efetuou a prisão de um professor de 53 anos, suspeito de praticar estupro de vulner√°vel contra duas irmãs menores de idade na cidade de Aparecida de Goi√Ęnia (GO). A ação, que ocorreu na tarde desta segunda-feira, 20, faz parte da Operação Hórus e contou com o apoio de agentes da 96¬™ Delegacia de Pol√≠cia Civil de Palmeirópolis e da 8¬™ Divisão de Combate ao Crime Organizado (DEIC - Gurupi).

O delegado-regional Joadelson Rodrigues Albuquerque, titular da 7¬™ DRPC de Gurupi, liderou a operação que resultou na prisão do professor. O mandado de prisão preventiva foi expedido pela Justiça da Comarca de Aparecida de Goi√Ęnia, onde o suspeito é investigado pelos crimes. As equipes da 7¬™ Delegacia Regional, após levantamentos, localizaram o investigado na região de São Salvador, efetuando a prisão.

Além dos estupros praticados contra duas irmãs de 6 e 9 anos, o professor, que lecionava na rede municipal de Aparecida de Goi√Ęnia, também est√° sendo investigado pelo crime de armazenamento de registros fotogr√°ficos e v√≠deos de conte√ļdo pornogr√°fico envolvendo crianças e adolescentes.

"A mobilização das equipes policiais foi imediata, e conseguimos localizar o indiv√≠duo no in√≠cio da tarde de hoje, dando fiel cumprimento ao mandado de prisão", afirmou o delegado Joadelson Rodrigues Albuquerque.

Os crimes eram praticados com a coniv√™ncia da mãe das crianças, que facilitava o contato do investigado com as v√≠timas, possivelmente em troca de vantagem financeira. A descoberta dos crimes ocorreu quando o pai das crianças recebeu fotos comprometedoras, evidenciando o envolvimento do suspeito, da mãe e das crianças.

A mãe das crianças teve a prisão preventiva decretada e foi capturada, mas o professor fugiu de Goi√°s ao descobrir a investigação, refugiando-se no Tocantins. Após a prisão, ele foi conduzido à sede da 96¬™ Delegacia de Pol√≠cia Civil de Palmeirópolis, submetido aos procedimentos legais e recolhido à Cadeia P√ļblica local, ficando à disposição do Poder Judici√°rio da Comarca de Aparecida de Goi√Ęnia.

"A prisão desse suspeito é de grande relev√Ęncia, pois ele é investigado por crimes grav√≠ssimos contra a dignidade sexual de duas crianças. Desse modo, a Pol√≠cia Civil do Tocantins, mais uma vez cumpre seu papel constitucional de investigar, prender e colocar à disposição da Justiça, para que ele agora possa responder pelos delitos que é suspeito de praticar", frisou o delegado Joadelson Rodrigues Albuquerque.