Em Arraias, Homem é Preso pela Polícia Civil por Estupro de Vulnerável ao Prestar Depoimento

Indiv√≠duo condenado a mais de 14 anos de prisão √© detido ap√≥s descoberta de mandado em aberto durante depoimento como testemunha em caso de viol√™ncia dom√©stica.

Foto: Reprodução

Foto: Reprodução

Um homem condenado a mais de 14 anos de prisão por estupro de vulner√°vel foi detido pela Pol√≠cia Civil do Tocantins, por meio da 11¬™ Delegacia de Atendimento à Mulher (DEAMV) em Arraias. A prisão ocorreu na manhã desta quinta-feira, 23, durante o depoimento do indiv√≠duo como testemunha em um caso de viol√™ncia doméstica.

Segundo a delegada titular da 11¬™ DEAMV, Vanusa Regina de Carvalho Nunes, durante o in√≠cio do termo de depoimento de uma testemunha, foi descoberta a exist√™ncia de um mandado de prisão em aberto contra o indiv√≠duo que estava prestando depoimento. Além disso, a pol√≠cia confirmou que o mandado de prisão definitiva por sentença penal condenatória transitada e julgada foi expedido pela Vara de Execuções Penais do Distrito Federal.

O condenado, de iniciais H.M.S, 46 anos, estava sendo ouvido como testemunha em um caso de viol√™ncia doméstica envolvendo seu padrasto. Ao receber voz de prisão, ele foi submetido aos procedimentos legais e encaminhado à Cadeia P√ļblica local. O indiv√≠duo ficar√° à disposição do Poder Judici√°rio do Distrito Federal, onde iniciar√° o cumprimento da pena estabelecida.

A delegada Vanusa ressaltou a import√Ęncia da prisão, considerando a gravidade do crime pelo qual o homem foi condenado. A ação da Pol√≠cia Civil retirou de circulação um criminoso condenado por um delito hediondo e de extrema gravidade.