Homem que Utilizava Redes Sociais para Venda de Drogas é Detido pela Polícia em Palmas

Acusado realizava entrega de entorpecentes de norte a sul da capital tocantinense

Fotos: Jodacy Filho

Fotos: Jodacy Filho

No desenrolar de uma operação conduzida pela Polícia Civil do Tocantins, mais precisamente pela 1ª Divisão de Repressão a Narcóticos (DENARC - Palmas), um homem de 21 anos foi detido nesta sexta-feira, 24, sob acusações de tráfico de drogas. A ação policial teve lugar no Jardim Taquari, região sul da capital tocantinense.

O delegado Afonso Lyra Filho, responsável pelo caso, destacou que a investida da Divisão Antidrogas foi desencadeada após informações indicarem que o indivíduo utilizava as redes sociais para promover a venda de substâncias entorpecentes. Além disso, ele realizava o serviço de entrega, levando os entorpecentes pelas ruas e avenidas da cidade.

Com base nessas informações, equipes especializadas foram mobilizadas e se dirigiram ao Jardim Taquari. Após um eficaz monitoramento, os policiais civis identificaram o suspeito, que agia de forma suspeita na região.

Durante a abordagem, realizada de maneira precisa, foram encontradas porções de drogas com o indivíduo, que admitiu estar a caminho de entregar os entorpecentes a um cliente. Ao ser questionado, confessou sua atividade ilícita, revelando ainda a presença de mais drogas em sua residência.

Ao realizar buscas no local, a polícia encontrou e apreendeu cerca de 1kg de maconha, um caderno com anotações do tráfico, insumos para fracionamento e várias porções de drogas.

Fotos: Jodacy Filho

O homem foi autuado em flagrante por tráfico de drogas e levado à sede da 1ª DENARC. Após os procedimentos legais, foi encaminhado à Unidade Penal Regional de Palmas, onde ficará à disposição da justiça.

Ao comentar sobre a prisão, o delegado Afonso Lyra Filho destacou a eficiência da 1ª DENARC em enfrentar e combater o tráfico de drogas em Palmas. Ele ressaltou a importância dessas ações para a segurança da população, considerando o potencial do tráfico em fomentar crimes mais graves, incluindo homicídios. Essa prisão representa mais um sucesso na série de operações que resultaram na retirada de circulação de suspeitos e na apreensão de substâncias entorpecentes nas últimas semanas, proporcionando maior segurança à comunidade.