Deputado Federal Carlos Gaguim Propõe Semana Nacional de Conscientização sobre Resíduos Eletroeletrônicos

Projeto de Lei 2238/2021 busca enfrentar impactos ambientais da tecnologia e promover práticas sustentáveis.

Foto: Reprodução

Foto: Reprodução

O deputado federal Carlos Gaguim destaca-se mais uma vez como líder na busca por soluções inovadoras e sustentáveis para os desafios contemporâneos. O seu Projeto de Lei 2238/2021 propõe a criação da Semana Nacional de Conscientização sobre Resíduos Eletroeletrônicos, visando abordar a crescente problemática ambiental associada à rápida evolução tecnológica.

A presença ubíqua da tecnologia em nossas vidas trouxe avanços significativos, mas não sem consequências ambientais. O progresso tecnológico, especialmente no âmbito dos resíduos eletroeletrônicos, apresenta desafios complexos para a sustentabilidade.

O PL 2238/2021, atualmente em análise na Câmara dos Deputados, propõe uma resposta proativa a esses desafios. A iniciativa visa instituir a Semana Nacional de Conscientização sobre Resíduos Eletroeletrônicos, um evento educativo destinado a informar a população sobre a importância da gestão adequada desses resíduos.

O projeto aguarda a designação de um Relator na Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania (CCJC) para prosseguir no processo legislativo. Caso aprovado, a Semana Nacional de Conscientização sobre Resíduos Eletroeletrônicos se tornará uma ferramenta essencial para sensibilizar o público e promover práticas sustentáveis.

Foto: Reprodução

Carlos Gaguim, autor do PL 2238/2021, destaca a necessidade de colaboração contínua para garantir que nossa dependência da tecnologia não resulte em danos irreversíveis ao meio ambiente. Em suas palavras, "Vamos fazer a diferença e criar um futuro mais verde e tecnológico para as gerações futuras."

Esta proposta legislativa não apenas reconhece os desafios ambientais, mas também busca impulsionar uma mudança de atitude em relação aos resíduos eletroeletrônicos, promovendo a conscientização coletiva e práticas sustentáveis.

A expectativa é que o desdobramento do PL 2238/2021 e as discussões na CCJC representem um passo significativo rumo a um futuro mais sustentável, alinhando o avanço tecnológico com a responsabilidade ambiental.