Segurança P√ļblica

Operação Paz: Polícia Civil Prende Mandante de Homicídio no Interior do Tocantins

Ação conjunta das delegacias de Porto Nacional, Luzimangues e Novo Acordo resulta na prisão de suspeito de ser mandante de homic√≠dio ocorrido em setembro.

Por Redação

13/12/2023 às 06:00:00 - Atualizado h√°
Foto: SSP/TO

Na manhã desta terça-feira, 12, a Operação Paz, coordenada pelas delegacias de Porto Nacional, Luzimangues e Novo Acordo, efetuou a prisão de um indiv√≠duo de 31 anos suspeito de ser o mandante de um homic√≠dio ocorrido em setembro deste ano no munic√≠pio de F√°tima. A ação foi conduzida pelos policiais civis da 70¬™ Delegacia de Porto Nacional, 72¬™ DP de Luzimangues e 80¬™ DP de Novo Acordo.

O delegado Fabricio Piassi liderou a operação, que cumpriu mandado de prisão preventiva após as investigações da Pol√≠cia Civil do Tocantins indicarem que o preso, motivado pela vingança pela morte de seu irmão, ordenou a execução da v√≠tima, morta com golpes de faca em praça p√ļblica.

Segundo o delegado, ao perceber que a investigação estava se aproximando da identificação do mandante do crime, o suspeito passou a ameaçar testemunhas e envolvidos no caso, colocando em risco a aplicação da lei penal e a conclusão do inquérito policial.

Diante desse cen√°rio, a prisão preventiva foi solicitada e deferida pela 1¬™ Vara Criminal de Porto Nacional. Os policiais civis conseguiram localizar o suspeito e efetuar sua captura. Após o interrogatório, o indiv√≠duo foi encaminhado à Unidade Penal Regional de Porto Nacional, ficando à disposição do Poder Judici√°rio.

O delegado Fabricio Piassi destacou a importância da operação conjunta, ressaltando que a prisão do suspeito não só visa responsabiliz√°-lo pelo homic√≠dio, mas também proteger o processo legal ao evitar ameaças e coações a testemunhas. "Trata-se de uma ação de grande significado, onde a Pol√≠cia Civil do Tocantins conseguiu efetuar a captura de um homem que é apontado como sendo o mandante de um homic√≠dio, e que também estava atrapalhando o trâmite normal do processo, j√° que também estava ameaçando e coagindo testemunhas", afirmou o delegado.

Comunicar erro

Coment√°rios Comunicar erro

GG Noticias

© 2024 GG Noticias - Todos os direitos reservados.

•   Política de Cookies •   Política de Privacidade    •   Contato   •

GG Noticias
Acompanhantes em Goi?nia