Governo do Tocantins bate recorde de cirurgias eletivas em janeiro de 2024

Número de procedimentos supera o mesmo período de 2023, evidenciando o compromisso com a saúde pública.

Foto: André Araújo

Foto: André Araújo

O Governo do Tocantins iniciou o ano de 2024 com uma conquista significativa na área da saúde: um recorde de cirurgias eletivas realizadas no mês de janeiro. Com um total de 1.104 procedimentos realizados, o Estado superou os números do mesmo período de 2023, que foram de 1.083 cirurgias. Esse feito representa não apenas um aumento na oferta de serviços de saúde, mas também um compromisso contínuo com o bem-estar da população.

A Secretaria de Saúde (SES-TO) divulgou o balanço dessas cirurgias, ressaltando que o novo recorde é resultado do trabalho conjunto das unidades hospitalares geridas pela SES-TO, do incentivo às equipes através do Programa de Aprimoramento da Gestão Hospitalar (Pagh-Cirúrgico) - conhecido como Opera Tocantins -, da parceria com os municípios e da contratação de hospitais privados.

Os pacientes atendidos são aqueles devidamente cadastrados na Central Estadual de Regulação (CER). Girlene Cavalcante de Vasconcelos, moradora de Lagoa da Confusão, compartilhou sua experiência positiva no Hospital Regional de Paraíso do Tocantins (HRPT), onde realizou sua cirurgia de laqueadura. Assim como ela, outras famílias foram beneficiadas, como a de Patrícia da Silva Rodrigues, moradora de Palmas, cuja filha Evelyn Sofia, de 09 anos, passou por uma cirurgia ortopédica pediátrica no Hospital Geral de Palmas (HGP).

Foto: André Araújo

O secretário da Saúde, Carlos Felinto, enfatizou que esse novo recorde é fruto dos esforços das equipes da SES-TO e do respaldo do governador Wanderlei Barbosa. Ele expressou sua gratidão aos profissionais da SES e a todos os parceiros envolvidos nessa conquista, destacando o impacto positivo na vida de milhares de pessoas que dependem do Sistema Único de Saúde (SUS).

Os números impressionam: desde outubro de 2021, o Governo do Tocantins já retirou mais de 31 mil pessoas da fila de espera por uma cirurgia eletiva, sendo que mais de 18 mil foram atendidas somente em 2023. Esses resultados reforçam o compromisso do Estado em oferecer serviços de saúde acessíveis e de qualidade à população tocantinense.