Segurança P√ļblica

Polícia Civil prende homem por tráfico de drogas e apreende arma de fogo em Araguaína

Operação Protetor resulta na detenção de indiv√≠duo envolvido com o com√©rcio il√≠cito de entorpecentes e posse irregular de armamento.

Por Redação

20/02/2024 às 17:27:32 - Atualizado h√°
Foto: PC/TO

A Polícia Civil, por meio da 2¬™ Divisão de Repressão a Narcóticos (DENARC - Araguaína), efetuou a prisão de um indivíduo de 27 anos, nesta segunda-feira, 19, sob acusação de tr√°fico de drogas. A ação, parte da Operação Protetor, resultou também na apreensão de porções de entorpecentes e uma arma de fogo na resid√™ncia do suspeito, localizada no Setor Costa Esmeralda.

Segundo o delegado titular da DENARC - Araguaína, José Anchieta de Menezes Filho, a operação foi desencadeada após cerca de uma semana de investigações que identificaram o uso da resid√™ncia do indivíduo como ponto de venda de drogas. O trabalho dos investigadores da Polícia Civil revelou movimentações suspeitas na casa, levando à realização da prisão.

Durante a busca na resid√™ncia, os policiais civis encontraram e apreenderam diversas porções de cocaína e maconha, além de uma pistola calibre 380, dois carregadores, um silenciador e uma m√°quina de passar cartão, supostamente utilizada para realizar transações relacionadas ao tr√°fico de drogas.

Inicialmente, suspeitou-se que a arma de fogo apreendida pudesse estar ligada ao homicídio de um motorista de aplicativo ocorrido em dezembro de 2023. No entanto, as investigações conduzidas pela 2¬™ Divisão Especializada de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP - Araguaína) esclareceram que a arma utilizada no crime era de outro calibre, e que o alvo não era o motorista, mas sim outro indivíduo no veículo.

O suspeito detido durante a Operação Protetor possui antecedentes criminais por tr√°fico de drogas no Estado do Maranhão, tendo cumprido aproximadamente sete anos de pena no presídio de Pedrinhas, em São Luís. Atualmente em liberdade condicional, ele foi encaminhado à Unidade Penal Regional de Araguaína após os procedimentos legais.

O delegado Anchieta ressaltou a importância da prisão, destacando a relevância de retirar mais um traficante de circulação e a necessidade de investigar qualquer possível ligação do indivíduo com o homicídio anteriormente mencionado.

Comunicar erro

Coment√°rios Comunicar erro

GG Noticias

© 2024 GG Noticias - Todos os direitos reservados.

•   Política de Cookies •   Política de Privacidade    •   Contato   •

GG Noticias
Acompanhantes em Goi?nia