Segurança P√ļblica

Polícia Civil conclui inquérito e indicia ex-funcionária por furto e estelionato em agência de viagens

Mulher é acusada de lesar clientes e empresa em mais de R$100 mil através de golpes aplicados na agência de turismo.

Por Redação

05/04/2024 às 11:40:53 - Atualizado h√°
Foto: SSP/TO

A Polícia Civil do Tocantins, por meio da 63¬™ Delegacia de Paraíso do Tocantins, concluiu as investigações sobre uma ex-funcion√°ria de uma ag√™ncia de viagens local, acusada de aplicar golpes que resultaram em prejuízos superiores a R$100 mil e afetaram diversos clientes.

Segundo o delegado José Lucas Melo, a mulher, de 38 anos, se aproveitava da confiança depositada pelos propriet√°rios da ag√™ncia para vender pacotes turísticos e, posteriormente, não repassar os valores recebidos, deixando os clientes lesados ao descobrirem que suas passagens e hospedagens não estavam ativas no momento do embarque.

Para combater essas ações fraudulentas, a Polícia Civil deflagrou a operação Tour, resultando em mandados de busca, apreensão domiciliar, sequestro de bens e bloqueio de contas banc√°rias da suspeita, visando ressarcir os prejuízos causados.

Após uma investigação minuciosa, a Polícia Civil concluiu o inquérito e indiciou a ex-funcion√°ria por oito crimes de furto qualificado, que resultaram em mais de R$100 mil em prejuízos para os clientes de Paraíso do Tocantins, além de estelionato contra uma empresa de turismo de Gurupi, com um prejuízo de R$17 mil.

Com o encerramento das investigações, o inquérito foi encaminhado ao Poder Judici√°rio para as medidas legais cabíveis, com destaque para a colaboração com o Ministério Público na busca por justiça.

Comunicar erro
GG Noticias

© 2024 GG Noticias - Todos os direitos reservados.

•   Política de Cookies •   Política de Privacidade    •   Contato   •

GG Noticias
Acompanhantes em Goi?nia