Segurança P√ļblica

Polícia Civil do Tocantins conclui investigações de homicídio triplamente qualificado em Pequizeiro

Jovem √© assassinado por dois "amigos" dentro de hospital; autores são indiciados por crime cruel e sem possibilidade de defesa.

Por Redação

19/04/2024 às 13:38:50 - Atualizado h√°
Foto: SSP/TO

Na manhã da última quarta-feira, 17, a Polícia Civil do Tocantins encerrou as investigações sobre o brutal assassinato de Cleonardo Américo da Silva, de 29 anos, ocorrido no Hospital Municipal de Pequizeiro na madrugada de segunda-feira, 8. Os respons√°veis pelo crime, dois jovens de 21 e 22 anos, foram indiciados por homicídio triplamente qualificado, em um caso que chocou a pequena comunidade.

O delegado João Luís da Costa Juc√°, que liderou as investigações, destacou a gravidade do crime, classificando-o como motivado por razões fúteis e executado de forma cruel, sem dar qualquer chance de defesa à vítima. Segundo as conclusões da investigação, o assassinato foi resultado de uma discussão anterior entre os envolvidos.

"Desde o momento em que o crime foi reportado, nossa equipe dedicou-se incansavelmente para reunir evid√™ncias sólidas. Descobrimos que os dois autores, munidos de armas brancas, invadiram o hospital pela janela lateral e percorreram suas depend√™ncias até encontrarem Cleonardo, que j√° estava sendo atendido por ferimentos causados por um dos agressores momentos antes", explicou o delegado.

Os autores, cujos nomes não foram divulgados, estão sob custódia na Unidade Prisional de Colinas do Tocantins, aguardando os desdobramentos do processo. O inquérito policial foi encaminhado ao Ministério Público, que analisar√° as evid√™ncias coletadas e poder√° oferecer denúncia contra os acusados. Se condenados, enfrentarão penas que podem chegar a até 30 anos de reclusão.

Comunicar erro

Coment√°rios Comunicar erro

GG Noticias

© 2024 GG Noticias - Todos os direitos reservados.

•   Política de Cookies •   Política de Privacidade    •   Contato   •

GG Noticias
Acompanhantes em Goi?nia