Segurança P√ļblica

Polícia Civil do Tocantins Desmantela Organização Criminosa Especializada em Roubos e Extorsões

Operação resulta em apreensões e revela esquema de ocultação de valores atrav√©s de plataformas de jogos online

Por Redação

25/05/2024 às 19:25:01 - Atualizado h√°
Foto: SSP/TO

Nas primeiras horas desta sexta-feira, 24, a Polícia Civil do Tocantins deflagrou uma operação de grande escala contra uma organização criminosa especializada em roubos e extorsões, causando prejuízos milion√°rios às vítimas. A ação foi coordenada pelo delegado Antônio Onofre Oliveira da Silva Filho, chefe da 6¬™ Divisão de Combate ao Crime Organizado (6¬™ DEIC) em Paraíso do Tocantins, e contou com a participação de diversas unidades policiais.

O grupo é apontado como respons√°vel por uma série de crimes na região de Paraíso e cidades vizinhas. Um dos casos mais emblem√°ticos ocorreu na noite de 14 de fevereiro deste ano, quando um casal de empres√°rios foi sequestrado em sua resid√™ncia por tr√™s homens armados e mascarados. Os criminosos roubaram joias, relógios de grife, e a caminhonete das vítimas. Na madrugada seguinte, forçaram o casal a realizar transfer√™ncias banc√°rias antes de abandon√°-los na zona rural de Barrolândia.

Foto: SSP/TO

Durante as investigações, a Polícia Civil descobriu que as transfer√™ncias banc√°rias foram feitas para uma plataforma de jogos online, com o intuito de dificultar o rastreamento do dinheiro roubado. Esse esquema sofisticado permitiu aos criminosos sacar os valores transferidos, ocultando a origem ilícita dos fundos.

A operação resultou na recuperação de nove relógios, alguns avaliados em mais de R$ 5 mil, além de outros bens adquiridos com o produto dos crimes. Foram cumpridos nove mandados de busca e apreensão em Palmas e no Distrito de Luzimangues. As investigações também identificaram o operador da plataforma de jogos online, respons√°vel pelos saques dos valores ilicitamente transferidos.

O delegado Antônio Onofre destacou que os suspeitos possuem um extenso histórico criminal, incluindo roubos a bancos, explosão de caixas eletrônicos, latrocínio, extorsão, tr√°fico de drogas, entre outros crimes graves. "São indivíduos de altíssima periculosidade, envolvidos em crimes que requerem grande articulação e, muitas vezes, o uso de explosivos e armamento pesado", afirmou.

Foto: SSP/TO

A operação contou com a colaboração de diversas unidades da Polícia Civil, incluindo a Diretoria de Repressão ao Crime Organizado (DRACCO), 1¬™ Divisão de Combate ao Crime Organizado (1¬™ DEIC - Palmas), 1¬™ Divisão de Repressão a Narcóticos (1¬™ DENARC - Palmas), 1¬™ Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (1¬™ DHPP - Palmas), Delegacia de Combate a Crimes Rurais (Deleagro), Divisão de Combate à Corrupção (DECOR), Divisão Especializada de Repressão a Crimes Contra a Ordem Tribut√°ria (DRCOT), e o Grupo de Operações T√°ticas Especiais (GOTE).

Com a identificação dos autores, o inquérito policial ser√° encaminhado ao Poder Judici√°rio e ao Ministério Público para as devidas provid√™ncias legais. Os suspeitos enfrentarão acusações de roubo qualificado, uso de arma de fogo, restrição de liberdade, associação criminosa e lavagem de capitais.

Comunicar erro
GG Noticias

© 2024 GG Noticias - Todos os direitos reservados.

•   Política de Cookies •   Política de Privacidade    •   Contato   •

GG Noticias
Acompanhantes em Goi?nia