Senar mostra potencial da mandioca e derivados em curso realizado na cidade de Buriti

Por GG Noticias em 26/06/2022 às 11:00:00

No município de Buriti a mandioca foi matéria prima no curso "Trabalhador na produção de alimentos à base de mandioca", onde os alunos conheceram as práticas e manuseio de produtos como bolos, doces, brigadeiros, pães e fritas, como se fossem batatas. Alternativa saudável, o treinamento também foi uma oportunidade de geração de renda e melhor aproveitamento da produção do alimento que é bastante popular no estado.

A presidenta do Sindicato Rural de Augustinópolis, Cássia Cayres, ressaltou a importância do curso para os pequenos produtores da região. "Temos muitos produtores que cultivam mandioca na região e o curso vai agregar muito. Agradecemos mais essa parceria do Sistema FAET/Senar com o sindicato rural de Augustinópolis e pretendemos trabalhar para trazer mais cursos como esse para ajudar o produtor rural da nossa região", destacou.

DIVERSIDADE DE PRODUTOS

A partir da mandioca são obtidos produtos característicos da região Norte do Brasil, como a farinha, a fécula, a massa de tapioca, entre outros, que podem ser utilizados na fabricação de pães, massas, bolos, biscoitos e mingaus. Para alguns agricultores familiares, como Iraídes Eloia, a comercialização da farinha é a única fonte de renda da família. "Nós precisamos desses cursos, somos pequenos agricultores e precisamos aprender outros meios de poder sobreviver sem precisar depender do poder público ou de outros meios assim", justificou.

A produção familiar da produtora é de 250 kg de farinha de mandioca por semana, que são vendidos a R$ 100 a lata de 20 litros. Ela considera a plantação pequena, mas mesmo assim, a produtora está animada com as perspectivas. "Agora aprendendo a produzir todos esses derivados, sei que podemos aproveitar a mandioca até quando ela estiver verde", disse. Com tantas possibilidades, ela já planeja aumentar a área plantada da cultura.

Além de muito conhecimento, o curso promoveu entusiasmo entre as participantes. A produtora rural, Alderina da Conceição, que recentemente começou o preparo da terra para o plantio da mandioca na propriedade dela, já faz planos para o futuro. "Passei um tempo na cidade e agora voltei para a minha terra, e com a ajuda do Senar e com esse curso, estou recebendo a energia que precisava para recomeçar mais uma vez", comemorou.

Fonte: Bico 24 horas

Comunicar erro

Comentários

Anuncie