Para reverter cortes na Educação, Senadora Eleita Dorinha reafirma sua luta na área e faz o compromisso de convocar ministros para esclarecimentos

A Senadora Eleita pelo Tocantins e deputada federal licenciada, Professora Dorinha (UB/TO), reafirmou nesta quinta-feira, 6 de outubro, que continuar√° em defesa da Educação e contr√°ria aos cortes feitos, assim como fez durante todos os tr√™s mandatos como deputada federal, realizados governos que estiveram à frente do Pa√≠s.

Para reverter cortes na Educação, Senadora Eleita Dorinha reafirma sua luta na área e faz o compromisso de convocar ministros para esclarecimentos

"Aprovação do novo Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação B√°sica (Fundeb), a garantia do Piso do Magistério com 33,24%, o maior da história do Pa√≠s, retrata que, longo da minha atuação, nunca me furtei em defender a Educação do meu Pa√≠s desde o governo do PT, que também houve milhões de cortes no orçamento e sempre me posicionei contr√°ria", explicou.

Neste sentido, Professora Dorinha explicou ainda que, "Como Senadora não ser√° diferente, a minha defesa é desde secret√°ria de Educação por quase dez anos, como também na presid√™ncia do Conselho Nacional de Secret√°rios da Educação, (CONSED), bem como, contr√°ria aos cortes no governo Lula, Dilma, Temer e Bolsonaro, que, inclusive, fiz v√°rios enfrentamentos em defesa da garantia do Fundeb na Constituição Federal e pela garantia do Piso dos Professores. Vamos convocar o ministro Victor Godoy, da Educação, e o ministro Paulo Guedes, da Economia", declarou.

A autoridade em Educação, Professora Dorinha reafirmou também que sempre atuou e lutou pela Educação, prova disso é que esteve em defesa dos 10% do Produto Interno Bruto (PIB) para Educação. "Fui respons√°vel, inclusive, por v√°rias mudanças no Plano Nacional de Educação (PNE), de igual forma como ocorreu no per√≠odo do Presidente Temer, quando fui contr√°ria ao teto de gastos, sendo a √ļnica do Estado e da Bancada a defender a Educação", destacou Dorinha.

Portanto, a relatora do FUNDEB, fundo que assegura recursos graduais até 2026 para √°rea, chegando a 23% em repasses da União aos Estados, munic√≠pios e DF, esclarece ainda que, "Sempre me posicionei contr√°ria aos cortes. Nós vamos apresentar as convocações dos ministros. A educação sempre foi a minha principal bandeira e continuar√° sendo independente do Governo que esteja", finalizou.