Geral Doação de Órgãos

Tocantins realiza primeira captação de múltiplos órgãos de 2024

Cinco pessoas serão beneficiadas com fígado, rins e córneas graças à autorização da família de um paciente adolescente.

Por Redação

17/05/2024 às 18:15:38 - Atualizado há
Foto: Luciana Barros

Na sexta-feira, 17 de maio de 2024, o Tocantins deu início às suas ações de doação de órgãos do ano, com a primeira captação de múltiplos órgãos. Realizada no Hospital Geral de Palmas (HGP), essa ação foi possível graças à generosidade da família de um paciente adolescente, que após evoluir para morte encefálica, autorizou a doação de órgãos.

Cinco pacientes que aguardavam por transplantes serão beneficiados com a doação de fígado, rins e córneas. A coordenadora da Central Estadual de Transplante do Tocantins, Suziane Crateús, expressou gratidão à família pela decisão solidária, destacando que a doação é um ato de amor ao próximo.

O enfermeiro Vinicius Gonçalves Boaventura, da Comissão Intra-hospitalar de Doação de Órgãos e Tecidos para Transplantes (CIHDOTT) do HGP, explicou que todo o processo ocorreu de acordo com o protocolo de morte encefálica, respeitando a vontade da família do paciente.

O pai do adolescente falecido, Marcelo Pereira, compartilhou sua experiência e encorajou outras pessoas a considerarem a doação de órgãos como uma forma de manter seus entes queridos vivos, além de oferecer uma segunda chance de vida a quem aguarda por um transplante.

Foto: Luciana Barros

A realização da captação envolveu diversas equipes, incluindo profissionais da Central Estadual de Transplantes do Tocantins (CETTO), CIHDOTT, Organização de Procura de Órgãos (OPO) e Banco de Olhos Público do Tocantins (BOTO), além do apoio da Secretaria da Segurança Pública (SSP-TO), Centro Integrado de Operações Aéreas (CIOPAER) e Polícia Militar do Tocantins (PM-TO).

O tenente-coronel Gustavo Bolentini, diretor do CIOPAER, ressaltou a importância da rápida mobilização para garantir o transporte seguro dos órgãos até os destinatários, destacando o papel fundamental desempenhado pela equipe.

A doação de órgãos é um gesto simples que pode salvar vidas. Não é necessário deixar nada por escrito, basta comunicar à família o desejo de ser doador. Essa decisão só acontece mediante autorização familiar, sendo crucial para oferecer esperança e uma nova oportunidade de vida para quem aguarda por um transplante.

Comunicar erro
GG Noticias

© 2024 GG Noticias - Todos os direitos reservados.

•   Política de Cookies •   Política de Privacidade    •   Contato   •

GG Noticias
Acompanhantes em Goi?nia