Sa√ļde Artigo

Dentistas presentes

Por Juliano do Vale, Presidente do Conselho Federal de Odontologia

23/01/2024 às 07:00:00 - Atualizado h√°
Juliano do Vale, Presidente do Conselho Federal de Odontologia - Foto: Reprodução

A poss√≠vel autorização para cursos de ensino à distância (EAD) de graduação em odontologia, discutida no pa√≠s desde 2022, levar√° a retrocessos na sa√ļde bucal. É temer√°rio que se autorize a formação de cirurgiões-dentistas sem que passem pela viv√™ncia cl√≠nica, fundamental para o exerc√≠cio pr√°tico da profissão, sob pena de colocar em risco a sa√ļde e o bem-estar dos pacientes.

Como órgão fiscalizador, respons√°vel por ações de proteção da população na √°rea, o Conselho Federal de Odontologia (CFO) se posicionou contra a ideia desde o primeiro momento em que foi lançada pelo Ministério da Educação (MEC). A partir de então, juntaram-se à causa diversas outras entidades representativas da classe odontológica, também preocupadas com a m√° qualidade dos atendimentos a ser realizados por esses profissionais formados por meio de cursos à distância.

Habilidades pr√°ticas, como manipulação de instrumentos espec√≠ficos, não podem ser dominadas sem supervisão de professores. O aprendizado presencial possibilita que os alunos recebam orientações imediatas, contribuindo para o aprimoramento de suas habilidades.

Além disso, a comunicação eficaz das necessidades dos pacientes não pode ser plenamente desenvolvida sem a exposição regular a situações cl√≠nicas reais. O ambiente presencial proporciona aos estudantes a oportunidade de lidar com uma variedade de casos, preparando-os para os desafios emocionais e pr√°ticos que encontrarão.

Nos estudos para a autorização do EAD na odontologia, o MEC lançou uma consulta p√ļblica em novembro do ano passado. O resultado levou o ministro Camilo Santana a suspender por 90 dias os processos de autorização de cursos à distância de odontologia.

Embora bem-vinda, a suspensão não significa o encerramento do assunto, pois ainda est√° pendente pelo MEC a conclusão da proposta de regulamentação de oferta de diversos cursos de graduação EAD. O CFO se manter√° vigilante enquanto essa possibilidade ainda for minimamente aventada.

O Conselho colocar√° o assunto em debate durante o 41¬ļ Congresso Internacional de Odontologia (Ciosp), que ocorrer√° em São Paulo de 24 a 27 de janeiro. O evento é o maior da América Latina em infraestrutura e um dos maiores do mundo, tendo chegado a 100 mil visitantes em 2023. É, portanto, o ambiente ideal para que, mais uma vez, possamos reafirmar a posição contr√°ria à implantação dos cursos de EAD.

As novas tecnologias podem ser exploradas para complementar a formação profissional, com simulações e recursos on-line, mas não para substituir a experi√™ncia presencial. A inovação deve buscar fortalecer os fundamentos que garantem profissionais preparados para os desafios do nosso pa√≠s, além de manter a odontologia brasileira como a maior e melhor do mundo.

Comunicar erro
GG Noticias

© 2024 GG Noticias - Todos os direitos reservados.

•   Política de Cookies •   Política de Privacidade    •   Contato   •

GG Noticias