Tocantins Vacinação

Campanha de Vacinação contra a Poliomielite é Prorrogada até 30 de Junho

Com apenas 6% das crianças imunizadas, SES-TO orienta municípios a intensificarem estratégias.

Por Redação

19/06/2024 às 01:31:22 - Atualizado há
Foto: Divulgação

Para aumentar o número de crianças imunizadas, o Governo do Tocantins decidiu prorrogar a Campanha de Vacinação contra a Poliomielite (paralisia infantil) até o dia 30 de junho. Esta medida visa alcançar as crianças menores de 5 anos que ainda não foram vacinadas ou que possuem a caderneta de vacinação incompleta. A Secretaria de Estado da Saúde (SES-TO) orienta os 139 municípios do estado a ajustarem suas estratégias de vacinação para evitar a reintrodução do vírus no Brasil.

O público-alvo da campanha deste ano é de 140.192 crianças, que devem seguir um esquema vacinal específico: três doses da vacina injetável (VIP) aos 2, 4 e 6 meses de idade, além de duas doses de reforço com a vacina oral bivalente (VOP), conhecida como "gotinha". Até o momento, apenas 6,91% das crianças foram imunizadas com a VOP, o que corresponde a 6.509 doses aplicadas das 94 mil necessárias.

Diandra Sena, gerente de imunização da SES-TO, enfatiza a importância de os pais levarem suas crianças para se vacinarem. "Esta é uma oportunidade para que os pais ou responsáveis levem suas crianças para a sala de vacina mais próxima de sua casa para realizar essa dose de vacinação contra a poliomielite", afirmou. Sena também destacou a necessidade de os municípios continuarem com suas estratégias de vacinação para alcançar o público-alvo, tanto na rotina de vacinação do calendário básico quanto na campanha indiscriminada para crianças menores de 5 anos.

Para aumentar a cobertura vacinal, a SES-TO recomenda a realização de dias D, vacinação em escolas e ações extramuro na zona rural. Essas iniciativas devem ser mantidas até o final da campanha, em 30 de junho, para atingir a meta de vacinação.

A poliomielite é uma doença contagiosa que pode causar paralisia irreversível nos membros inferiores, especialmente em crianças. Por isso, a vacinação é crucial para prevenir a doença. "Orientamos os municípios que continuem com as estratégias de vacinação nas escolas, realização de dias D, vacinação extramuro na zona rural, pois todas essas ações podem e devem continuar sendo realizadas até o dia 30 de junho, para juntos conseguirmos ampliar e aumentar essa meta de cobertura vacinal", complementou Diandra Sena.

Para a vacinação, todas as crianças de 2 meses a 4 anos, 11 meses e 29 dias devem ser levadas aos locais de vacinação acompanhadas dos pais ou responsáveis, munidos do cartão de vacina para avaliação da situação vacinal e do cartão SUS ou CPF.

Entre 2020 e 2024, o Tocantins registrou cinco casos suspeitos de poliomielite, porém nenhum foi confirmado.

Comunicar erro
GG Noticias

© 2024 GG Noticias - Todos os direitos reservados.

•   Política de Cookies •   Política de Privacidade    •   Contato   •

GG Noticias
Acompanhantes em GoianiaUniversitarias CLub