Tragédia com o avião do Palmas completa um ano; investigação sobre acidente ainda não foi concluída

Em 2021, avião que levava parte da delegação do Palmas Futebol e Regatas caiu logo após a decolagem, deixando seis mortos. Fim de semana foi marcado por homenagens.

Por GG Notícias em 24/01/2022 às 10:47:22

A maior tragédia do esporte tocantinense completa um ano nesta segunda-feira (24). Nesta mesma data, em 2021, o avião que levava parte da delegação do Palmas Futebol e Regatas caiu logo após a decolagem, deixando seis mortos. Para os parentes das vítimas a dor ainda é grande e a espera por respostas não terminou.

Morreram na tragédia o piloto Wagner Machado Júnior, que tinha mais de 30 anos de experiência em aviação, o presidente do clube, Lucas Meira, e quatro atletas do time: o goleiro Ranule, o lateral-esquerdo Lucas Praxedes, o zagueiro Noé e o atacante Marcus Molinari.

"Ele para mim era tudo, não consigo esquecer, não consigo acreditar ainda. A ficha não caiu, não sei quando vai cair", lamentou o José Carvalho, pai do jogador Lucas Praxedes.O acidente sem sobreviventes aconteceu em uma pista de pouso no distrito de Luzimangues, em Porto Nacional. A delegação seguia para Goiânia, onde a equipe enfrentaria o Vila Nova pela Copa Verde.

"Eu nem sabia que amava tanto. Acho que essa é a grande lição e é por isso que a morte existe, para a gente aprender a amar. Existe para mim no sentido figurado porque acredito que o Lucas está muito bem", comentou Jaqueline Vieira, mãe de Lucas Meira.

Os dados do relatório preliminar disponíveis no Sipaer, painel do Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (Cenipa), informam que "após a decolagem a aeronave perdeu sustentação e colidiu contra o solo".

O Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (CENIPA) informou em nota que a investigação segue em andamento e tem como objetivo prevenir que novos acidentes com características semelhantes ocorram.

"A conclusão das investigações terá o menor prazo possível, dependendo sempre da complexidade de cada ocorrência e, ainda, da necessidade de descobrir todos os fatores contribuintes", informou o órgão na última semana.

O clube realizou neste domingo (23) a entrega dos kits de material esportivo como premiação do concurso cultural "Troféu Lucas Meira – A Força de um Sentimento" beneficiando jovens do Tocantins. Conforme o Palmas, foram mais de mil beneficiados. Uma live com momentos de música, leitura, orações e homenagens foi realizada também neste domingo.

O clube afirmou que também aguarda o relatório oficial do Cenipa, pois as investigações seguem em andamento e não há um prazo limite para encerramento.

"Em relação às indenizações, auxílios e relacionamento com as famílias das vítimas, o clube faz saber que todas as assistências foram prestadas desde o primeiro momento e durante todo esse ano, sempre tocados pelo sentimento de pesar. Foram pagas as indenizações trabalhistas, o seguro do clube e o seguro da Confederação Brasileira de Futebol, faltando apenas o pagamento do seguro da aeronave, que deve ser consolidado nos próximos dias, informou o clube.

*com informações do G1

Fonte: G1

Comunicar erro
UnirG

Comentários

Anuncie