Período de indicações para o Edital Dona Miúda será aberto em fevereiro

Serão distribuídos 46 prêmios em dinheiro para mestres, grupos e aprendizes da cultura tradicional e popular do Tocantins.

Por Assessoria de Imprensa em 27/01/2022 às 11:21:52

Com o objetivo de fomentar o reconhecimento e a valorização dos detentores dos conhecimentos e expressões culturais populares e tradicionais que, por seus saberes e pelas suas formas de expressão, preservam a história e a memória dos tocantinenses, estão abertas as inscrições para o Edital Dona Miúda – Mestres, Mestras, Griôs e Grupos da Cultura Tradicional e Popular do Tocantins. A realização é do Governo do Estado/Agência do Desenvolvimento do Turismo, Cultura e Economia Criativa, por meio do Instituto Cidadania Amazônia, selecionado em chamamento público.


O edital vai selecionar 27 mestres, mestras e griôs; 15 grupos de cultura popular e tradicional e quatro mestres e griôs aprendizes. Os escolhidos receberão premiações em dinheiro, respectivamente nos valores de R$ 10 mil, R$ 20 mil e R$ 5.250,00. O projeto foi previamente discutido e aprovado pelo Conselho de Política Cultural do Estado (CPC-TO), e conta com recursos do Fundo Estadual de Cultura.


"Esta premiação é de suma importância para o reconhecimento do importante trabalho que os mestres e griôs desenvolvem em prol das culturas tradicionais, principalmente na formação das futuras gerações", afirma Joana Pinto de Castro, titular da Câmara de Cultura Tradicional do CPC-TO, ressaltando que o Governo do Estado, por meio da Adetuc, tem todo o respaldo do Conselho de Políticas Culturais com esta premiação. "Como titular da Câmara de Cultura Tradicional estou muito feliz", completa ela, ao lembrar a participação de conselheiros no Grupo de Trabalho criado para elaborar o edital.

"Este é o primeiro de vários projetos programados para este ano de 2022 para o setor cultural", explica o presidente da Adetuc, Hercy Filho, ressaltando o empenho do Governo do Estado na valorização dos trabalhadores da economia criativa, em especial os detentores do conhecimento tradicional tocantinense.

Categorias
Poderão se inscrever na categoria mestres, mestras e griôs, pessoas com notório conhecimento, longa permanência na atividade, que exerça a transmissão de saberes, celebrações e/ou formas de expressões, fundadas na tradição e vivências, que se reconheça e/ou seja reconhecida pela comunidade, grupo ou coletivo a que pertencem.

Para a categoria grupos, poderão se inscrever agrupamentos de pessoas com pelo menos 10 anos de permanência na atividade e que cultivam as mais diversas práticas, produções e expressões da cultura popular e tradicional, devidamente reconhecidos pela comunidade a que pertencem.

Para a categoria mestres e griôs em formação/aprendiz, serão aceitas pessoas que desde jovens possuem uma identificação afetiva e cultural com um/uma griô, mestre ou mestra e que desenvolvam diálogo entre os saberes, fazeres e práticas pedagógicas de tradição.

O prazo para envio das propostas é de 16 de fevereiro a 16 de março. O edital completo, com a documentação exigida e demais informações está disponível no endereço eletrônico http://institutocidadaniaamazonia.online/ . Dúvidas e pedidos de informações devem ser enviados ao e-mail [email protected].
Comunicar erro
UnirG

Comentários

Anuncie