Segurança Pública

Polícia Civil do Tocantins Intensifica Investigações para Elucidar Homicídio do Brigadista Sidiney

Diversas unidades policiais estão mobilizadas para identificar os responsáveis pelo crime ocorrido em Formoso do Araguaia.

Por Redação

19/06/2024 às 10:29:23 - Atualizado há
Foto: Vania Machado

A Polícia Civil do Tocantins está intensificando seus esforços para elucidar o homicídio do brigadista Sidiney de Oliveira Silva, ocorrido no último sábado, 15 de junho, em Formoso do Araguaia. Em uma ação coordenada, diversas unidades policiais estão mobilizadas, buscando informações que possam esclarecer o crime e levar os responsáveis à Justiça.

Na manhã desta terça-feira, 18 de junho, o secretário da Segurança Pública do Tocantins, Wlademir Mota Oliveira, conduziu uma videoconferência com a equipe de investigação. "Por determinação do governador Wanderlei Barbosa, estamos discutindo estratégias para dar uma resposta à nossa sociedade. Quero tranquilizar amigos e familiares de Sidiney, assegurando que a Polícia Civil está totalmente empenhada em identificar e punir os culpados", afirmou o secretário. Ele também mencionou que, se necessário, haverá reforço na equipe de investigação.

O delegado-geral Claudemir Luiz Ferreira ressaltou a qualificação da equipe envolvida no caso. "A equipe que está à frente dessa investigação é extremamente competente, e toda a estrutura da regional de Gurupi está mobilizada para garantir uma investigação detalhada e eficiente", destacou.

As investigações estão sob a responsabilidade da 84ª Delegacia de Polícia de Formoso do Araguaia, com apoio crucial da 3ª Divisão Especializada de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP - Gurupi), da 8ª Divisão Especializada de Combate ao Crime Organizado (DEIC - Gurupi) e da 7ª Delegacia Regional da Polícia de Gurupi.

Segundo o delegado regional de Gurupi, Joadelson Albuquerque, nenhuma linha de investigação está sendo descartada. "É um caso complexo e todos os esforços estão empregados para darmos o retorno que a sociedade espera o mais breve possível", afirmou. A equipe está trabalhando em diversas frentes, coletando informações e evidências para construir um caso sólido contra os responsáveis.

Também participaram da videoconferência o delegado titular da Diretoria de Repressão à Corrupção e ao Crime Organizado (DRACCO), Afonso Lyra, e a diretora de Polícia do Interior, Ana Carolina Braga, reforçando o compromisso das autoridades em resolver o caso com celeridade e precisão.

Comunicar erro

Comentários Comunicar erro

GG Noticias

© 2024 GG Noticias - Todos os direitos reservados.

•   Política de Cookies •   Política de Privacidade    •   Contato   •

GG Noticias
Acompanhantes em GoianiaUniversitarias CLub