Política Protestos

Bolsonaro faz apelo a caminhoneiros para interromper manifestação

Na mensagem, o presidente apela para que os manifestantes desobstruam as vias porque 'atrapalha nossa economia'; ministro da Infraestrutura, Tarcísio de Freitas, confirma a autenticidade do áudio enviado pelo presidente e reforça a mensagem

Por Com informações do Estadão

09/09/2021 às 00:53:11 - Atualizado h√°

om paralisa√ß√Ķes de caminhoneiros registradas em ao menos 13 Estados, o governo se mobilizou na noite desta quarta-feira, 8, para tentar conter os protestos. O próprio presidente Jair Bolsonaro gravou um √°udio e o ministro de Infraestrutra, Tarcísio de Freitas, um vídeo para tentar desmobilizar os manifestantes.

Além dos atos a favor do presidente, a Polícia Rodovi√°ria Federal (PRF) atuava para desbloquear os trechos de rodovias em outros tr√™s Estados onde também foram constatados "pontos de concentra√ß√£o", com "pautas regionais, indígenas e de produtores locais", mas sem liga√ß√£o com o movimento dos caminhoneiros

Na mensagem, Bolsonaro trata os caminhoneiros como "aliados" e apela para que os manifestantes desobstruam as vias porque "atrapalha nossa economia". "Fala para os caminhoneiros aí que s√£o nossos aliados, mas esses bloqueios atrapalham nossa economia. Isso provoca desabastecimento, infla√ß√£o, prejudica todo mundo, em especial os mais pobres. D√° um toque nos caras aí para liberar. Deixa com a gente em Brasília aqui agora. N√£o é facil negociar com outras autoridades, mas vamos fazer nossa parte, vamos buscar uma solu√ß√£o para isso", afirma o presidente no √°udio

Os bloqueios come√ßaram durante as manifesta√ß√Ķes do 7 de Setembro convocadas pelo presidente Jair Bolsonaro, e se seguiram durante o dia. A pauta dos manifestantes é a defesa do governo federal e contr√°ria ao Supremo Tribunal Federal (STF).

Em um vídeo também divulgado na noite desta quarta-feira, o ministro da Infraestrutura, Tarcísio de Freitas, confirma a autenticidade do √°udio enviado pelo presidente e refor√ßa o apelo para que liberem as vias. "Esse √°udio é real, é de hoje, e mostra a preocupa√ß√£o do presidente com a paralisa√ß√£o dos caminhoneiros. A paralisa√ß√£o ia agravar os efeitos na economia, que ia impacatar os mais pobres, os mais vulner√°veis. J√° temos hoje um efeito no pre√ßo dos produtos em fun√ß√£o da pandemia", diz Tarcísio.

Em nota divulgada às 23h, o ministério informou que a PRF registrava pontos de concentra√ß√£o em rodovias federais em 16 Estados, sendo 13 com abordagem a veículos de cargas.

S√£o eles: Santa Catarina, Rio Grande do Sul, Paran√°, Espírito Santo, Mato Grosso, Goi√°s, Bahia, Minas Gerais, Tocantins, Rio de Janeiro, Rondônia. Maranh√£o, Roraima, S√£o Paulo, Mato Grosso do Sul e Par√°.

Ainda segundo a PRF, dois pontos de bloqueio total registrados no Rio Grande do Sul foram liberados. "Apenas uma interdição de pista foi notificada, no Estado de São Paulo", diz nota da pasta.

Segundo a Polícia Rodovi√°ria Estadual de S√£o Paulo, houve paralisa√ß√£o de caminhoneiros na Rodovia Anhanguera, no km. 188. J√° o Departamento de Estradas de Rodagem do Estado de S√£o Paulo (DER) informa que houve uma manifesta√ß√£o de caminhoneiros em Angatuba, na SP-270 (km 204).

Convocação para o dia 9

Na contram√£o do pedido do presidente, o caminhoneiro Marcos Antônio Pereira Gomes – conhecido como Zé Trov√£o – publicou um vídeo nas redes sociais apelando para Bolsonaro reconsiderar a mensagem enviada por √°udio. "Presidente, o povo precisa do senhor. Estivemos na rua em maio, no dia 1¬ļ de maio, 15 maio, 1¬ļ de agosto. O senhor é nossa última salva√ß√£o, porque estamos do lado do senhor. Vamos trancar todo o Brasil porque estamos do lado do senhor", disse.

Mais cedo ele pediu, em outro vídeo, para que os manifestantes bloqueiem "todas bases brasileiras" a partir das 6h desta quinta-feira, 9. "Est√£o brincando com a democracia, nos tirando para ot√°rios e ninguém vai passar o resto da vida nas ruas parados n√£o. Precisamos resolver o problema do País agora, neste semana", diz Gomes. "Tem gente ligando ai mandando desmobilizar as paralisa√ß√Ķes, mas n√£o vamos aceitar. Fecha tudo."

Gomes é considerado foragido após ter uma ordem de pris√£o expedida contra ele na sexta, 3, no √Ęmbito de um inquérito aberto para investigar a organiza√ß√£o de manifesta√ß√Ķes violentas no feriado. A mesma investiga√ß√£o resultou na pris√£o do blogueiro bolsonarista Wellington Macedo de Souza. No caso do Rio de Janeiro, a PRF comunicou que a ideia dos caminhoneiros é convencer os demais motoristas de caminh√£o a aderir a uma paralisa√ß√£o que seguiria até o fim da quinta-feira, 9.

Um dos líderes do movimento intitulado de Caminhoneiros Patriotas, Francisco Burgardt, conhecido como Chic√£o Caminhoneiro, disse que entregar√° um documento ao presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (DEM-MG), pedindo a destitui√ß√£o de ministros do Supremo Tribunal Federal (STF). "O povo brasileiro n√£o aguenta mais esse momento que País est√° atravessando através da forma impositiva que STF vem se posicionando. O povo brasileiro est√° aqui (na Esplanada dos Ministérios) buscando solu√ß√£o e só vamos sair daqui com solu√ß√£o na m√£o", disse Chic√£o, que preside Uni√£o Brasileira dos Caminhoneiros (UBC), em vídeo que circula pelas redes sociais.

Segundo ele, o documento também ser√° entregue ao presidente Jair Bolsonaro. Em outro vídeo, Burgardt fala em um prazo de 24 horas para a resposta das autoridades ao pedido. Ele n√£o foi localizado nesta quarta-feira.

Comunicar erro
GG Notícias

© 2021 GG Notícias - Todos os direitos reservados.

•   Política de Cookies •   Política de Privacidade    •   Contato   •

GG Notícias